Como escolher um parceiro de vida

A escolha do favor de Sansa: o caso de Sor Byron, o Bonito ( Parte 1)

2020.10.02 20:07 CasaGolden A escolha do favor de Sansa: o caso de Sor Byron, o Bonito ( Parte 1)

“Quem pediria o favor de uma bastarda?
Harry, se ele tiver a sabedoria que os deuses deram para um ganso... mas não dê para ele. Escolha algum outro galante. Você não quer parecer muito ansiosa.” (TWOW, Alayne I)
Tal é o conselho que Mindinho da para Sansa Stark, agindo como sua filha bastarda Alayne Stone, quando ela se encontra com ele nos Portões da Lua depois da chegada do seu prometido Harry, o Herdeiro. Não é a orientação habitual que alguém pensaria que um pai daria para sua filha, mas este não é um relacionamento tradicional de pai/filha e Petyr não é um mentor ordinário. Enquanto ele não especifica o “galante” que Sansa deveria entregar seu favor, o raciocínio dele é claro: ele quer que ela encante e provoque Harry, mas ainda mantendo alguma aparência de preferência absoluta, para assim manter o Jovem Falcão encantado e interessado. Quando mais tarde ela dança com Harry no banquete pré-torneio, nós vemos que Alayne aceitou as palavras do pai no coração; ela está decididamente mais ousada e brincalhona com Harry, questionando ele sobre suas crianças bastardas, suas mães, e fazendo comentários bem sugestivos sobre ela ser toda a “pimenta” que ele vai querer. O infeliz Harry, previsivelmente em transe, pede pelo favor de Alayne, mas ela nega pra ele dizendo “Você não. Está prometido... para outro”.
Quem será esse “outro” tem intrigado o fandom desde o lançamento da amostra do capítulo há cinco anos. O capítulo não contem maiores revelações ou cenas dramáticas, mas este final age como certo cliffhanger, criando expectativas nos leitores de que o favor de Alayne terá um considerável significado narrativo. Ao escolher seu cavaleiro, nós sabemos que Alayne tem muitas opções, como Martin nos dá a litania de potenciais escolhas da lista de parceiros de dança no banquete, e, não esqueçamos, a conversa com dois personagens imprevisíveis que ela teve mais cedo naquele dia: Sor Shadrich de Vale Sombrio e Sor Lyn Corbray de Lar do Coração. Enquanto Sor Lyn continua sendo um candidato viável, por mais volátil e arriscado que ele seja, podemos excluir Sor Shadrich por enquanto, pois ele diz a Alayne e Myranda que não pretende competir no torneio.
É claro, os leitores sabem que o Rato Louco tem procurado pela Sansa Stark por um bom tempo, finalmente integrado nos serviços de Mindinho como cavaleiro andante ao lado de outros dois, e conhecendo Sansa depois que ela partiu do Ninho da Águia em seu capítulo final de AFFC. Como as conversas no pátio de treino revelam, Sor Shadrich agora sabe que a filha bastarda do Lorde Protetor é realmente a garota Stark desaparecida, e enquanto seu propósito anunciado fosse ganhar a recompensa pelo retorno dela para Porto Real, os leitores ainda estão incertos sobre suas verdadeiras motivações e o que ele irá decidir com essa descoberta. O favor de Sansa, operando neste viveiro fervente de tensões crescentes e subterfúgios, não é mais relevante como um mero gesto de cortesia, mas agora é uma potencial mudança de estratégia nos jogos por um jogador emergente.
Assim, qual cavaleiro seria a melhor decisão estratégica, tanto da perspectiva de Sansa (estando atenta ao crescimento de seu personagem) e de uma consideração mais ampla dos desenvolvimentos da trama envolvendo outros personagens e eventos? Essas questão nos leva seriamente a considerar Sor Byron o Bonito, o cavaleiro andante que nós vemos primeiramente como um do trio de homens que Mindinho contrata para seus serviços no fim de AFFC.
Para começar, uma pequena confissão é necessária: Esta teoria deve seu desenvolvimento à minha frustração em tentar descobrir a verdadeira identidade de Sor Byron, já que estou trabalhando a partir do pressuposto de que Sor Morgarth e Sor Shadrich estão operando sob falsos pretextos no que se refere às suas verdadeiras identidades / propósitos em vir para o Vale de Arryn. Já sabemos que Sor Shadrich está escondendo o fato de que estava procurando por Sansa, mas será que ele também poderia ser outra pessoa, ainda uma figura desconhecida que tem seus próprios motivos nessa busca? Uma teoria popular no fandom sugere que ele é Howland Reed, mas isso está fora do escopo de nossa investigação por enquanto. Com relação a Sor Morgarth, uma de nossas teorias “malucas” aqui em Pawn to Player alega que ele é realmente o Irmão Mais Velho da Ilha Quieta. Faz sentido narrativo, portanto, que Byron também não seja quem aparenta ser, e certamente não está lá para prestar serviço leal ao Senhor Protetor.
Um aspecto importante dessa teoria é que esses cavaleiros andantes parecem estar trabalhando juntos. Com a exceção do momento em que Sansa encontra Shadrich sozinho no pátio no capítulo liberado de TWOW, Martin reforça a imagem de três homens como uma unidade desde a primeira aparição deles no solar de Mindinho até a última aparição deles dançando com Alayne no banquete:
Exatamente como Petyr prometera, os jovens cavaleiros se amontoavam ao redor dela, disputando seu favor . Depois de Ben veio Andrew Tollett, o belo Sor Byron, Sor Morgarth do nariz vermelho, e Sor Shadrich, o Rato Louco. (TWOW, Alayne I)
Em particular, Martin parece querer que nos concentremos em suas aparências, quase como se houvesse pistas a serem discernidas dessas descrições. Isso ecoa nossa primeira introdução a eles em AFFC, quando os leitores deveriam reconhecer imediatamente o astuto Sor Shadrich:
Alayne o abraçou obedientemente e lhe deu um beijo na face.
– Lamento incomodar, pai. Ninguém me disse que tinha companhia.
– Você nunca incomoda, querida. Estava agora mesmo contando a esses bons cavaleiros como minha filha é atenciosa.
– Atenciosa e bela – disse um jovem e elegante cavaleiro, cuja espessa cabeleira loira caía em cascata até bem depois dos ombros.
– Sim – disse o segundo cavaleiro, um indivíduo entroncado com uma espessa barba salpicada de branco, nariz vermelho, proeminente e com veias rebentadas, e mãos nodosas, grandes como presuntos. – Não mencionou essa parte, senhor.
– Eu faria o mesmo se ela fosse minha filha – disse o último cavaleiro, um homem baixo e seco, com um sorriso sardônico, nariz pontiagudo e hirsutos cabelos cor de laranja. – Especialmente perto de homens grosseiros como nós.
Alayne riu.
– São grosseiros? – disse, brincando. – Ora, e eu que os tomei por galantes cavaleiros. (AFFC, Alayne II)
Deixando de lado seus atributos físicos por enquanto, devemos também prestar atenção em como suas respostas "coordenadas" e preparadas para a chegada de Alayne parecem ser. Não há hesitação ou demora. Um após o outro, cada um constrói a afirmação do outro, terminando com o comentário sugestivo de Shadrich sobre "grosseiros como nós". O que temos é uma impressão singular dos três cavaleiros, apesar de suas descrições variadas, levando a uma conclusão razoável de que eles decidiram combinar seus esforços e recursos para um objetivo comum. Se o objetivo é simplesmente sequestrar Sansa e devolvê-la ao cativeiro em KL como Shadrich fez Brienne acreditar, então a presença do Irmão Mais Velho como Morgarth certamente prejudicaria esse empreendimento. Além disso, embora Shadrich tenha se oferecido para dividir sua recompensa com Brienne, a exigência de dividi-la em três partes pareceria menos do que ideal, para não falar do risco de envolver tipos mercenários não confiáveis ​​que poderiam tentar roubar Sansa e ganhar o resgate total por si mesmos. Não somos informados dos detalhes de como exatamente eles foram contratados por LF em Vila Gaivota, mas que todos os três parecem confortáveis ​​na companhia um do outro é notável e sugere algum tipo de familiaridade ou conexão anterior.
Sor Byron, pela própria natureza de como Martin o descreve, é o mais fácil de ignorar, especialmente à luz das experiências de Sansa, que a ensinaram que exteriores dourados e belos muitas vezes podem ser enganosos, e que é muito melhor julgar alguém em seu caráter e ações. O fato da aparência de Byron lembrar um típico Lannister é provavelmente uma escolha autoral deliberada, destacando como Sansa não está mais cega ou mesmo atraída por esse ideal de beleza - que lhe causou considerável sofrimento e dor. Mas o que fazemos com Byron e por que ele está incluído neste grupo de potenciais ajudantes de Sansa se neste estágio de desenvolvimento dela ele parece ser evidentemente o cara errado? Ao tentar descobrir sua identidade, eu rapidamente percebi que poderia ser mais benéfico se concentrar no papel específico que ele poderia desempenhar na trama e é aí que a ideia de ele ser aquele a receber o favor de Alayne tomou forma.
A partir do momento em que conhece Alayne, Byron desempenha o papel do cavaleiro arrojado, elogiando sua aparência e beijando sua mão ao sair da sala. Ela o descreve como "elegante" e "jovem" e, mais tarde, no banquete, como "bonito". Não há sentido, no entanto, que o interesse de Alayne em Sor Byron vá além de sua apreciação do fato de que ele foi contratado para reforçar a guarda de LF nos Portões. Então, por que ela o escolheria para usar seu favor de todas as outras opções disponíveis? A razão mais óbvia é que ele é a escolha perfeita para atingir seu objetivo aparente de deixar Harry, o Herdeiro, com ciúmes, como LF a aconselha a fazer durante a conversa nas caves. Por conta própria, Sansa poderia dar seu favor a alguém como Sor Wallace, filho de Anya Waynwood, por quem ela claramente tem empatia e procura salvar do constrangimento quando ele dança com ela no banquete. Ou outra escolha poderia ter sido Sor Lyn Corbray, a quem ela aprecia como um lutador cruel e certamente deixará sua marca no torneio. Que Sor Lyn Corbray pode não ser mais leal a seu pai é algo que desperta a curiosidade de Alayne, um conhecimento potencial que ela poderia explorar no futuro. No entanto, Sor Wallace e Sor Lyn provavelmente não deixarão Harry com ciúmes, já que o primeiro é alguém com quem ele cresceu durante toda a vida, que é estranho e tímido, enquanto o último é conhecido por não se interessar pelos encantos das mulheres , e cuja seleção só pode servir para disparar os alarmes de LF. Byron, com sua notável boa aparência, porte elegante e modos corteses é o cavaleiro ideal para fazer Harry se sentir irritantemente inseguro. Depois de sua rápida conversa com Harry no banquete, Sansa soube ainda melhor do que antes que ele é um tipo superficial, que valoriza a aparência acima de tudo pela maneira como fala sobre seus amantes e, ao mesmo tempo, alguém que é bastante fácil de manipular. Sua primeira impressão de Harry é reveladora:
Sor Harrold Hardyng era um futuro senhor em cada centímetro; proporcional e bonito, aprumado como uma lança, duro de músculo. Homens com idade suficiente para terem conhecido Jon Arryn em sua juventude diziam que Sor Harrold tinha sua aparência, ela sabia. Ele tinha um tufo de cabelo loiro-areia, olhos azuis pálidos, nariz aquilino. Joffrey também era gracioso , ela lembrou a si mesma . Um monstro gracioso, é isso o que ele era. O pequeno Lorde Tyrion era mais gentil, mesmo retorcido. (TWOW, Alayne I)
Ainda não vimos nenhuma evidência de que Harry é um "monstro atraente"da mesma forma que Joffrey, mas a comparação é significativa. Isso ressalta o tema de aparência versus realidade que percorre o arco de Sansa e enfatiza a ironia de Byron ser o único a receber seu favor neste momento. Ao contrário da Sansa de antigamente, que se derreteu pelo Cavaleiro das Flores durante o Torneio da Mão, esta Sansa poderia escolher um cavaleiro valente para um propósito totalmente diferente, usando seu favor não como uma declaração decorativa de afeto, mas como uma isca deliberada. Isso se alinha perfeitamente com o papel secreto em que Sor Byron já poderia estar envolvido, e torna não apenas Harry, mas também Petyr Baelish, como as figuras enganadas. A escolha de Sor Byron uniria a relevância desses misteriosos cavaleiros errantes e apresentaria uma oportunidade para Sansa descobrir seu verdadeiro propósito. Até agora, os três parecem estar se mantendo discretos, mas os comentários de Sor Shadrich a Sansa no pátio sugerem que ele está planejando agir em breve. A escolha de Sor Byron, apesar de Sansa não ter conhecimento do que eles planejam ainda, pode ser vista como uma bênção simbólica de sua missão clandestina. Também expande o espectro da influência que ela tem exercido desde o planejamento até a execução do torneio dos cavaleiros alados.
submitted by CasaGolden to Valiria [link] [comments]


2020.09.24 22:11 Vedovati_Pisos Confira dicas de como montar uma academia

Para quem deseja investir em um negócio promissor, montar uma academia é uma das melhores oportunidades atualmente. Cada vez mais pessoas procuram esse estabelecimento para seguir um estilo de vida saudável, socializar, fazer parte de um grupo ou simplesmente por estética.
Mas para montar uma academia de sucesso é importante ficar atento a todos detalhes que lhe ajudarão a construir um ambiente agradável, o que inclui escolher equipamentos de qualidade, pisos adequados, e zelar pela segurança e manutenção da infraestrutura.
Confira algumas dicas para montar uma academia de sucesso.
Faça um bom plano de negócio antes de montar a sua academia
Um plano de negócio é uma ferramenta fundamental para o sucesso de uma academia. Muitas academias fecham por não ter feito um planejamento e compreensão do mercado antes.
Definir antes:
1- Produtos e serviços que serão oferecidos pela academia.
2- Missão da academia, a razão pela qual o negócio vai existir. Lembre-se que o resultado financeiro deve ser consequência de um trabalho bem feito.
3- O foco da academia: segmento de mercado.
4- A visão da academia: como deseja que sua empresa seja vista em longo prazo
5- As estratégias para atingir os objetivos e realizar a visão da academia
6- Descrição legal da academia – Classificação da empresa: individual, sociedade, etc.; e o regime de tributação que melhor se enquadra, dentro dos permitidos.
7- Estrutura organizacional da academia – Como a empresa irá funcionar, onde e como serão distribuídas as funções e equipe dirigente.
8- Plano de operações da academia – Descrição dos procedimentos de trabalho que serão utilizados.
a- Administração e Gestão Empresarial
b- Quadro societário (se for o caso) e distribuição das funções entre os sócios.
9- Parcerias – A academia irá trabalhar com parceria? Quem será os possíveis parceiros?
10- Defina um plano de marketing com os seguintes itens
a- Análise de mercado – Pesquisa e análise do segmento de atuação.
b- Oportunidades e Ameaças da academia – Análise do macroambiente (tudo o que está externo ao seu negócio).
c- Pontos Fortes e Fracos – Análise do microambiente (o que está interno ao seu negócio).
11-Clientela da academia – Quem serão os possíveis clientes da academia? O que eles procuram?
12- Segmentação da academia – Para aperfeiçoar as ações e tornar o atendimento mais personalizado, pode-se dividir o mercado em categorias. Se você precisa de um exemplo, veja o artigo Academia na terceira idade? Confira os exercícios e os aparelhos mais indicados!
13- Concorrência – Com quais as academias você vai concorrer? O que essas academias fazem? Como essas academias trabalham?
14- Estratégias de marketing para sua academia – Como chegará aos possíveis clientes da sua academia? Quais meios serão usados para divulgar a academia?
15- Vantagem Competitiva da sua academia. Resumidamente, é aquilo que tenho e o concorrente não tem.
16- Investimentos – Equipamentos, reformas, computadores, fachada, sistemas, treinamentos, etc
17- Custos fixo e variáveis da academia.
18- Definição dos preços a serem cobrados pela academia.
19- Ponto – Qual será o endereço da sua academia?
20- Promoção – Como será feita a promoção da academia? Quais mídias serão utilizadas? Existe alguma ação de marketing já planejada? Qual?
Nos próximos tópicos, damos dicas para você fazer grande parte dessas análises e começar o plano de negócio da sua academia.
Conquiste seu espaço
Segundo dados do SEBRAE, o Brasil é o segundo país com maior quantidade de academias no mundo. Isso significa que há espaço para quem deseja investir no negócio, mas também pode representar mais concorrência.
Avaliar a região em que você pretende montar a academia é essencial para se certificar de que haverá procura pelos serviços que vai oferecer. Esse levantamento o ajudará a oferecer outros serviços complementares que estejam em falta na região, embora sejam muito procurados e, dessa forma, maximizar seus lucros.
Por exemplo, loja de produtos esportivos no geral ou de suplementos alimentares, consultas com nutricionista ou médico do esporte e ginástica para terceira idade. Existem diversas opções e você pode personalizar o da sua academia de acordo com a localidade em que vai atuar, garantindo seu espaço desde a inauguração.
Entenda do negócio fitness e de negócio (gestão)
Você não precisa ser um profissional de educação física para montar uma academia, mas é fundamental conhecer sobre o segmento. Ao ler este texto, você já está no caminho, pois demonstra o interesse em se aprofundar no assunto. Mais do que entender do negócio, você deve entender de negócio. Portanto, se está começando a empreender agora, é fundamental que entenda tudo sobre administração de empresas, gestão de pessoas e marketing para garantir a sustentabilidade da sua academia.
Contrate profissionais para lhe ajudar
Você não precisa ser especializado na área esportiva para montar uma academia, mas isso não exclui a necessidade de contratar funcionários formados em educação física. O instrutor monta e acompanha os treinos dos alunos, também solicita avaliações médicas, quando necessário. Esse profissional poderá ajudá-lo a escolher os melhores equipamentos para sua academia e, caso esteja atento às tendências do mercado, sugerir modalidades em alta no momento.
Apesar de muitas academias não oferecerem consultas com nutricionista, vale considerar a ideia. O serviço pode parecer insignificante para o funcionamento da academia, mas, na prática, é essencial para que os clientes alcancem os resultados desejados, visto que a boa forma depende em grande parte da alimentação. Quanto mais satisfeitos os alunos estiverem, maior será a permanência, fidelidade e o grau de sucesso e estabilidade da sua academia.
Caso você queira oferecer outros serviços em sua academia, considere que precisará contratar profissionais qualificados para desempenhar a atividade. Muitos empreendedores iniciantes querem fazer tudo no seu estabelecimento e acabam oferecendo serviços ruins, justamente por não terem experiência e conhecimentos necessários. Ao seguir esse mesmo caminho, você poderá perder credibilidade perante seus clientes e ainda se afastar da gestão do negócio.
Identifique quanto custa abrir uma academia
Procurar estimativas do quanto custa abrir uma academia pode até dar uma ideia do valor que você precisará desembolsar para tirar o projeto do papel. No entanto, esse cálculo envolve um estudo de variáveis, dependendo das atividades que você oferecerá. Em geral, é importante entender que montar uma academia requer alto investimento inicial e oferece boa rentabilidade, mas em longo prazo.
Por meio do plano de negócios, você poderá identificar tudo o que precisa para abrir uma academia na localidade desejada, como investimento inicial, manutenção e a previsão de retorno. Isso porque o planejamento considera região, demanda pelos serviços e concorrência.
Somente faça empréstimos ou outros tipos de investimentos após montar o plano de negócio detalhado para montar a academia. Dessa forma, você terá certeza de que abrir uma academia do jeito que pensou e no local desejado efetivamente lhe trará retorno. Não tenha pressa: lembre-se de que um negócio melhor planejado tem mais chances de dar certo do que outro feito no impulso, que pode fechar as portas pouco tempo depois de sua inauguração e trazer diversos prejuízos.
Invista em um modelo de negócio que atraia seu público
Ao abrir uma academia, você deve proporcionar atendimento completo, o que inclui funcionamento em horários que realmente atendam ao seu público. Expedientes fora do horário comercial costumam ser muito procurados, visto que grande parte das pessoas somente se exercitam no seu tempo livre, quando entram ou saem do trabalho. Para que ninguém fique de fora, considere abrir sua academia por volta das 6h e fechá-la, de preferência, às 22h durante a semana, e fazer meio expediente aos finais de semana.
Também é importante pensar em pacotes promocionais para se destacar de outras academias (fique atento à concorrência). Aproveite a inauguração para oferecer um preço atrativo, como matrícula grátis ou uma mensalidade abaixo do mercado durante um prazo determinado.
Veja também: Novas tendências de exercícios invadem as academias
Divulgue sua academia
Mostrar que sua academia chegou nos arredores vai garantir que todo mundo saiba da novidade. Dependendo da localidade, você pode distribuir folhetos ou usar carros de som para isso. Para deixar a divulgação mais atrativa, promova um evento de inauguração e ofereça uma recompensa de valor, como, por exemplo, uma aula de musculação grátis. Dessa forma, você reunirá um público grande quando abrir seu estabelecimento e pode já fechar matrículas ou captar contatos para futuras campanhas.
Como estratégia em longo prazo, vale a pena investir em marketing digital. O consumidor atual procura tudo pela internet, até mesmo serviços nos arredores. Portanto, ao garantir sua presença digital, você será encontrado com mais facilidade e de forma econômica.
Comece fazendo um site, com páginas para cada modalidade que oferece. Registre sua empresa no Google Maps para facilitar a localização de interessados. Faça uma página para sua academia nas principais redes sociais (as mais indicadas são Facebook e Instagram, porque reúnem um grande e variado público).
Para fazer marketing digital, você precisa antes de tudo se relacionar com seu público. Em suas páginas, devem ter conteúdos informativos, que realmente agreguem valor à vida dos seus seguidores. Isso significa basicamente usar esses canais mais para demonstrar o quanto seus serviços melhorarão a qualidade de vida e bem-estar das pessoas e menos para promovê-los diretamente.
Outra forma eficaz de promover a sua academia é por meio de convênio com empresas e outros parceiros da região, de preferência, que atuem no mesmo ramo (esportes, saúde e bem-estar).

https://www.vedovatipisos.com.bnoticias-artigos/como-montar-uma-academia/
submitted by Vedovati_Pisos to u/Vedovati_Pisos [link] [comments]


2020.09.11 22:26 Aggravating_Food "Liberdade" masculina

Chega a ser cômico como a maioria que compactua com essa cultura redpill, purplepill, todasascorespill ensina os homens a serem promiscuos, transar com meio mundo, viver a vida igual Charlie Sheen do Two and Half Man mas se forem se relacionar com alguém escolher uma mulher puritana, virgem e da igreja.
Falam que é da natureza da mulher trocar o parceiro mas sempre vemos homens terminando um relacionamento de anos por alguém que conheceu a poucos dias.
Acredito que não tem como você exigir esses "requisitos" se você mesmo não tem eles, independente se você for homem ou mulher.
Na minha opinião esses movimentos soam mais como uma frustração que tiveram e se revoltaram do que um movimento de liberdade.
Usam homens com autoestima baixa e frustrados para vender cursos em cima disso, prometendo torna-los uma espécie de cafetão.
submitted by Aggravating_Food to desabafos [link] [comments]


2020.09.10 01:34 desgracadasso PAU PEQUENO, MINHA VISÃO E MINHA HISTÓRIA

À TODOS QUE QUEREM TER UMA VIDA SEXUAL COM PAU PEQUENO, FELIZ OU PELO MENOS MAIS DIGNA, PRESTEM ATENÇÃO
Minha vida inteira eu busquei achar alternativa, uma visão feliz sobre tudo isso, só que eu cansei, eu já pensei em tudo e já pensei em suicídio. Estou pensando em acabar com tudo. Há muitas mentiras e amenidades quando se trata desse tema com o intuito de não chocar ou até mesmo desesperar os homens, mas as mulheres deveriam ser mais sinceras. Uma dessas mentiras ou amenidades são constantemente feitas pelas mulheres (em revistas, programas de rádio e televisão) que dizem não se importar com o tamanho do pênis do parceiro mas não é verdade, elas preferem sim parceiros com pênis maiores e se decepcionam com homens com pênis menores do que 16 cm. Sei bem que o órgão genital feminino tem mais sensibilidade no clitóris e na entrada dos pequenos lábios vaginais mas elas também necessitam da sensação de preenchimento do canal vaginal, tanto em profundidade quanto em espessura (é uma necessidade natural do sexo feminino), afimal na hora do sexo elas querem sentir que são mulheres, querem se sentir possuídas por um homem e que tem um macho de verdade em meio às suas pernas. Não se enganem, o tamanho é sim documento para as mulheres. Por isso peço as mulheres que digam a verdade, mesmo que cause tristeza, mesmo que acuse dor, sofrimento e angústia, pois acredito que a verdade mais cruel é melhor do que a mentira mais piedosa.
Alguns vão dizer: Use a língua, use os dedos, use um desses brinquedinhos sexuais, mas sejamos francos, as mulheres só pedem por isso quando o pênis se mostra insuficiente e nos casos de lésbicas que se satisfazem entre si, ainda assim algumas delas usam pênis de silicone (que nunca são inferiores à 18 cm).
Os truques sexuais podem ser ensinados a qualquer homem. Se ele aprender ser carinhoso, excitar a mulher de forma a deixá-la bem molhada e relaxada, o cara pode ter um pênis de 22cm que não causará incômodo algum, aí fica a questão: Alguém acredita mesmo que se a mulher puder escolher entre dois homens que saibam como fazer tudo de forma perfeita ela escolheria o homem de pênis pequeno??? Claro que não. E não adianta passar um tempão em preliminares pois se isso excita a mulher, no começo (que são as preliminares) as deixam subindo pelas paredes, o pênis pequeno mesmo que bem duro será considerado medíocre e no fim a transa será para ela decepcionante.
Minha história. Já fui casado com uma mulher com a qual sempre tive dificuldade em satisfaze-la, meu pênis tem apenas 13 cm e apesar de me esforçar muito nas preliminares e ser muito carinhoso sempre deixei a desejar. Ela até já me pediu para que tivéssemos uma "relação aberta" para que ela pudesse ter um homem, prestem atenção; ela disse claramente "ter um homem" o que me entristeceu muito e resultou é claro em divórcio. Estou em meu segundo casamento e percebo que minha esposa atual também se mostra insatisfeita e para termos relação sexual tenho que insistir muito. Percebi que ela faz mais por "obrigação de esposa" do que por gosto e ela mesma já me disse diversas vezes para eu não me importar se ela não sentir nada.
Por isso meus amigos de pau pequeno, tenho algo muito duro mas sincero para lhes dizer, só temos 3 opções: 1° Aceitar a vida de corno manso ou; 2° Partir para a homossexualidade, afinal já que não somos homens o suficiente então deixemos a tarefa para os homens que nasceram com todos os atributos verdadeiramente masculinos, ou; 3° Suicídio.
submitted by desgracadasso to sexualidade [link] [comments]


2020.06.03 14:37 RodrichKeiler Um problema que ficou para (talvez) depois do Bolsonaro...

Um problema que ficou para (talvez) depois do Bolsonaro...
https://preview.redd.it/kw4j8kwtwo251.jpg?width=1024&format=pjpg&auto=webp&s=b9d87cbfe64ab1730b8c40f8e8a9c90985956a02
Sim, eu entendo, o brasileiro estava cansado de ser frito em óleo pelos partidos socialistas ou cozido no vapor pelos social-democratas, (todos parceiros do mesmo projeto de poder) e se agarrou na primeira oportunidade que teve com Jair Bolsonaro. Sem que ele tivesse gente suficiente fora do Mecanismo para compôr sua equipe, vide quantas vezes ele é ignorado ou traído pelos que ele mesmo escolhe. Mas tem um nome da equipe que é louvado, que está jogando contra o patrimônio do Brasil, e os brasileiros estão despreparados para entender o motivo: Damares Alves.
"Mas como assim, ela não é Protestante, tirou da mão dos diversitários a condução da sua pasta, e tal?" Nem de todos.
A Agenda Feminista ainda está sendo cumprida através dela, num campo crítico - a criminalização do masculino.
Suas atitudes não ajustaram nem um pouco a Lei Maria da Penha, que ainda trata a mulher como vítima, e o homem como criminoso, sem dar atenção para a realidade de em quantos casos a mulher pode ser sistematicamente agressora de um homem, principalmente no campo psicológico.
Suas atitudes não ajustaram em nada a Pensão Alimentícia, que em teoria é dada para a manutenção das necessidades dos filhos de um casal desfeito, mas terminam por sustentar toda a sorte de despesas, mesmo que ela coloque o próprio filho no último lugar de suas prioridades.
Suas atitudes não mexeram em nada no absurdo do Feminicídio, absurdo dos absurdos de declarar que a vida de uma mulher vale mais do que a vida de um homem, sem rigorosa apuração de uma mulher de fato, morreu por ser mulher.
Por ela ter perfil de mulher que sofreu abusos na juventude (algo triste e real para muitas) é esperado que ela usaria de seu cargo para impedir que isso se repita nas vidas de outras mulheres. Mas seja por ignorância ou por cálculo (afinal, feminismo é praga enraizada em todas as partes), ela está exercendo seu cargo, não só protegendo um flanco esquerdista importante, mas o expandindo.
Eu gostaria de ser abertamente crítico (sem ironias, construtivamente) da Damares, mas como disse no início, precisaríamos de uma campanha de conscientização muito bem feita, para que os próprios homens brasileiros não se voltassem contra mim. Fora o fato de que se ela for uma agente feminista, não poupará esforços para me destruir.
Se o governo de Jair Bolsonaro sobreviver, por Misericórdia Divina, não porque nós brasileiros merecemos, talvez em algum momento futuro, poderemos militar por Direitos Humanos que resguardem os homens, e não apenas as mulheres, boas e dignas junto com as más e perversas. Mas que vocês não esqueçam que não bastou essa eleição para que os males esquerdistas sumissem como um passe de mágica.
submitted by RodrichKeiler to brasilivre [link] [comments]


2020.01.13 12:30 AntonioMachado [2012] Oliver James - Como desenvolver a inteligência emocional

submitted by AntonioMachado to investigate_this [link] [comments]


2020.01.10 17:58 Rubens322 Como melhorar o sexo: 12 dicas irresistíveis para uma vida sexual saudável

Como melhorar o sexo: 12 dicas irresistíveis para uma vida sexual saudável

Dicas para ter uma vida sexual feliz.
O sexo é uma parte natural da vida humana. Ter uma vida sexual satisfatória demonstrou melhorar muito o nosso bem-estar geral, podendo até reduzir o risco de sofrer certas doenças. No entanto, muitos fatores podem tornar o sexo menos do que surpreendente. Com isso em mente, Flo está aqui para lhe dar algumas dicas maravilhosas que ajudarão você a ter uma vida íntima saudável. Aprender alguns fatos interessantes sobre saúde sexual ao longo do caminho também tornará mais fácil para você ter relações sexuais mais agradáveis!

1. Comunique-se com seu parceiro

Isso pode parecer uma dica óbvia, mas é uma das coisas mais fáceis de esquecer. Nossa vida diária geralmente envolve trabalho, família, amigos e algumas situações estressantes. Muitas vezes tomamos nossa comunicação com nosso parceiro como garantida.

Em um relacionamento, é essencial manter uma comunicação aberta sobre todos os assuntos, e o sexo não é exceção. Os casais que se sentem à vontade para conversar um com o outro terão mais facilidade em discutir questões como horários conflitantes, falta de privacidade e preferências sexuais.

Algo tão comum quanto o estresse pode causar problemas de saúde sexual masculina, como baixa libido e disfunção erétil. Nesses casos, a comunicação com seu parceiro de maneira respeitosa pode ajudá-lo a identificar e resolver quaisquer problemas subjacentes.

2. Mantenha uma dieta para uma vida sexual saudável

Comer alimentos cheios de minerais, aminoácidos, antioxidantes e nutrientes pode beneficiar sua saúde geral e melhorar seu humor, por isso não é de admirar que os alimentos certos possam aumentar sua libido e melhorar seu desempenho sexual.

Uma dieta saudável para o sexo pode incluir:

Carne ou outras fontes de proteína
Nozes e sementes
Frutas cítricas
Ostras
Salmão
Folhas verdes
Cenouras
Melancia
Grãos integrais
Comer refeições com seu parceiro também pode ser saudável para o seu relacionamento. As refeições podem relaxar e fortalecer os laços, e muitos casais aproveitam esses momentos para relaxar juntos.

Sexo é vida e saúde para o casal.

3. Limite seu consumo de álcool

O copo ocasional de vinho tinto pode aumentar o desejo e a lubrificação sexual, mas é um fato bem conhecido da saúde sexual que o álcool em excesso pode ser prejudicial à sua vida íntima.

Estudos descobriram que o consumo excessivo de álcool pode aumentar emoções negativas, como ansiedade. O álcool também pode prejudicar sua atenção e suas habilidades de tomada de decisão, dificultando a prática de sexo seguro.

O álcool também atua como um depressor para o nosso sistema nervoso. Depois de beber muito álcool, os nervos do corpo não respondem tão facilmente aos estímulos sexuais, tornando o sexo menos agradável. Nos homens, o álcool também pode causar disfunção erétil.

4. Tome vitaminas para a saúde sexual

Você já pensou em tomar vitaminas para sua saúde sexual?

Vitaminas diferentes têm efeitos diferentes em nossas vidas sexuais. A vitamina C pode melhorar a circulação, foi demonstrado que a vitamina D aumenta os níveis de hormônios sexuais e melhora a disfunção erétil e sexual.

Outros suplementos também podem ajudar sua vida sexual. O zinco pode melhorar a função sexual e aumentar os níveis de testosterona. O aminoácido arginina pode melhorar sua circulação sanguínea, essencial para ereções e prazer sexual. O seu médico pode recomendar um suplemento de L-citrulina, que é convertido em arginina pelo seu corpo.

5. Exercite-se fora da cama

Exercício e atividade física podem melhorar sua vida sexual de muitas maneiras diferentes. Primeiro de tudo, o exercício aumenta os níveis de hormônios sexuais e endorfinas no corpo, aumentando o humor e o desejo sexual.

Sexo e saúde estão inextrincavelmente ligados: ser saudável aumentará sua resistência, o que é muito importante para uma vida sexual satisfatória.

O treino também pode ajudá-lo a se sentir mais confiante em si mesmo, o que, por sua vez, facilitará o seu sexo!

6. Faça seus exercícios de Kegel!

Os exercícios de Kegel são uma maneira fácil de alcançar o aprimoramento sexual feminino. Para executá-los, apenas aperte os músculos do assoalho pélvico por alguns segundos e solte-os; repita isso por alguns minutos todos os dias.

Se você não tiver certeza sobre quais músculos deve usar, finja que precisa fazer xixi e interrompa o fluxo de urina: os músculos que você aperta são os músculos do assoalho pélvico. Fortalecê-las pode aumentar o prazer sexual das mulheres, melhorar a lubrificação e até facilitar a recuperação do parto.

7. Conheça seus próprios desejos

Para ter um sexo satisfatório, você precisa descobrir o que gosta na cama. A masturbação, seja você solteira ou em um relacionamento, pode ser uma maneira muito eficaz de descobrir como se excitar. Também pode ajudar a ser uma maneira saudável de se sentir mais confortável com seu corpo.

Outra ótima maneira de descobrir o que você gosta é assistindo pornô ou lendo livros eróticos. Isso pode ajudá-lo a aprender sobre diferentes coisas nas quais você pode estar interessado; você pode fazer isso sozinho ou com um parceiro, e pode até melhorar a intimidade entre você.

8. Evite fumar

O tabaco contém nicotina, que é um potente vasoconstritor. Isso significa que ele irá estreitar os vasos sanguíneos, diminuindo o fluxo sanguíneo. A má circulação sanguínea pode causar disfunção erétil e sexual, tornando o sexo menos agradável para todos.

9. Faça o teste como parte de sua estratégia de saúde sexual

Se você é solteiro ou tem um relacionamento, precisa conversar sobre doenças sexualmente transmissíveis com seus parceiros sexuais. Sentir-se seguro é um grande incentivo para o desejo sexual, e a melhor maneira de se sentir seguro durante o sexo é saber que você é saudável e livre de doenças sexualmente transmissíveis.

Não tenha medo de perguntar ao seu parceiro sobre a história sexual dele. Independentemente de você ter um parceiro fixo ou não, saber que os dois são testados lhe dará tranqüilidade e permitirá que você desfrute do sexo plenamente. Visite uma clínica de saúde sexual feminina para fazer o teste.

10. Obtenha conselhos profissionais de saúde sexual

Se você suspeitar que há problemas mais profundos que o impedem de desfrutar totalmente do sexo, não hesite em falar com seu médico. Muitas condições médicas podem causar baixo desejo sexual ou disfunção sexual, desde distúrbios hormonais até endometriose.

Certos medicamentos, como contraceptivos orais e antidepressivos, podem diminuir sua libido. Seu médico será a melhor pessoa para ajudá-lo a identificar a fonte de possíveis problemas e como corrigi-los.

11. Proteja-se sempre

A menos que você esteja em um relacionamento estável, sempre use preservativos. Eles são o único método contraceptivo que também o manterá protegido das DSTs. Manter um preservativo por perto é sempre uma boa ideia se você é sexualmente ativo.

Se você deseja parar de usar preservativos, existem muitos métodos de controle de natalidade por aí que são muito eficazes e podem mantê-lo protegido contra gravidezes indesejadas.

Lembre-se de consultar o seu médico antes de escolher um método contraceptivo. Saber que sua saúde está sob controle fará com que você se sinta mais relaxado e o desfrute do sexo mais facilmente.

12. Use produtos de saúde sexual

Muitos produtos de saúde sexual podem ajudar você a ter uma vida sexual mais agradável. Muitos fatores, como idade, estresse e contraceptivos, podem diminuir a capacidade de lubrificação da mulher. Isso pode tornar o sexo desconfortável, mas usar um lubrificante pode ser uma solução fácil.

Atualmente, existem muitos tipos de lubrificantes disponíveis. Se você estiver usando preservativos de látex, fique longe de lubrificantes à base de óleo, pois eles podem danificá-lo e causar rupturas. A incorporação de lubrificantes em sua rotina pode tornar o sexo mais confortável e agradável para os dois.

Em muitos casos, levar um estilo de vida saudável comunicar-se abertamente com seu parceiro e levar sua sexualidade para suas próprias mãos pode fazer uma enorme diferença na maneira como você experimenta sexo e seu próprio corpo. Então, conheça a si mesmo, esteja seguro e divirta-se!
Fonte!
submitted by Rubens322 to u/Rubens322 [link] [comments]


2019.12.15 21:10 ankallima_ellen As Aventuras de Gabi nas Terras do Estrogênio – Quinquagésima Quinta Semana

Agressões. Das pequenas às grandes, a rotina das mulheres trans e travestis é por elas severamente vinculada. Verbais, físicas ou mesmo as implícitas, nossa vida constantemente se resume ao medo de sair de casa e à privação mandatória ou mesmo voluntária de acesso a certos espaços. A morte muitas vezes nos espreita na esquina apenas por sermos nós mesmas. Claro, homens trans e pessoas não-binárias também sofrem uma miríade de agressões em seu dia a dia. Contudo, não é a minha realidade para relatar e vou me restringir ao meu espaço de fala como travesti.
O recorte não é, entretanto, trivial. Há inúmeros outros privilégios em jogo que modulam a intensidade e a forma das agressões. A vida de uma mulher trans branca de classe média é completamente diferente da de uma travesti negra da periferia. As oportunidades e as privações. Todas as interseccionalidades importam, porém uma, a passabilidade, parece-me comum a todas nós. Ser passável é a diferença entre sofrer apenas com a misoginia enraizada em nossa sociedade falocêntrica ou também com a transfobia pura e descarada que rouba a vida de nossas irmãs diariamente.
Claro que os olhares sedentos pelo pedaço de carne que despretensiosamente exibimos apenas para provocar os homens incomodam. É deveras desconfortável ter cada curva do seu corpo cuidadosamente analisada por um completo estranho. Ainda mais quando se teme que ele encontre algo que denuncie a nossa natureza, porque daí o tesão pode dar lugar ao ódio e sabemos muito bem o rumo que um desencontro desses pode tomar.
Sair de casa, desde que transicionei, adquiriu mais e mais o formato de um ritual. Não me sinto segura ou à vontade para frequentar qualquer ambiente. Tenho que escolher mais cuidadosamente a minha apresentação: da roupa à maquiagem. Não por mera vaidade e sim, segurança. Atentar a forma de andar, gesticular e falar: a tonalidade e a postura de voz importam. Tudo isso, não apenas para evitar o desconforto ocasionado por ser lida e tratada no masculino por estranhos, mas sobretudo pelo medo do que essa leitura incongruente possa causar.
Mesmo os espaços notadamente seguros para mulheres nos são paulatinamente negados. Seja por pressão implícita, os olhares denunciam, ou por afirmações descaradas, muitas de nós não se sentem à vontade para frequentarem banheiros femininos. Ora, sair de casa vinculada pelo tamanho de sua bexiga restringe muito o que podemos fazer no nosso dia a dia. Afinal, entrar num banheiro masculino está fora de cogitação. Coisas simples como marcar uma ultrassonografia de suas glândulas pode ser um tremendo desafio ou no mínimo uma situação deveras constrangedora, porque os sistemas médicos não supõe que uma mulher possa ter além das mamas, próstata e testículos.
Talvez, no entanto, a maior privação que sofremos é com o afeto. Não apenas somos muitas vezes abandonadas pela família e amigos, mas o amor torna-se uma utopia. A inamabilidade de corpos transfemininos é uma realidade: para a grande maioria dos homens somos apenas um fetiche torpe. Aquele que deve ser escondido a todo custo. Isso quando um desses encontros não termina em morte. Fingidoras ou enganadoras. Mesmo com as mulheres a situação não é muito melhor. Muitas nos consideram apenas estupradoras ou invasoras.
Sou deveras fortuita nesse aspecto. Não apenas minha esposa apoiou minha transição, como nosso relacionamento melhorou significativamente. Infelizmente, um caso raro de sucesso. Poucas foram as histórias que ouvi de relacionamentos que sobreviveram à transição de uma das partes. As dificuldades não se restringem às inerentes à transição e à adaptação ao relacionamento com uma pessoa do gênero oposto ao acordado inicialmente. A transfobia espirra violentamente em nossos parceiros e muitos não estão preparados ou simplesmente dispostos a enfrentá-la. Não se trata somente do preconceito por estar, no caso da minha esposa, num relacionamento homossexual. Há todo o peso de estar num relacionamento com uma mulher abertamente trans, uma travesti. Família e amigos deixaram de falar com ela. Oportunidades profissionais foram negadas quando descobriram de seu relacionamento comigo.
Mulheres trans e travestis têm a sua vida vinculada em diversas escalas de transfobia. Não bastasse a óbvia violência a que somos submetidas, há também as microagressões diárias: ao sermos tratadas no masculino ou termos nossos relacionamentos podados. Essas não matam nossos corpos, mas aos poucos envenenam nossas almas, tirando as cores que a transição aos poucos devolve a nossas vidas. Muito se discute sobre suas formas mais explícitas. Claro, são elas que nos assassinam diariamente. Contudo, do que adianta estar viva, se não temos qualidade de vida? Quando nossos relacionamentos são escondidos não apenas por vergonha, mas medo de represálias. Queremos viver, amar e sobretudo sermos amadas.
Uma excelente semana a todes!!!
Beijocas,
Gabi
submitted by ankallima_ellen to transbr [link] [comments]


2019.10.24 14:30 Brunoekyte Como Escolher as Mídias para campanhas de marketing digital

Como Escolher as Mídias para campanhas de marketing digital
Ao planejar uma campanha surgem as dúvidas: quando usar Google Ads, Facebook Ads, e-mail marketing, automação e outras mídias? Para determinar a melhor estratégia, alguns fatores influenciam, como: amplitude do orçamento disponível, experiência do produto no mercado, perfil do público, modelo comercial e maturidade digital da empresa.
A escolha dos canais de marketing corretos é a base para o sucesso da estratégia de marketing digital. Um erro muito comum ao escolher os canais de marketing (mídias) é utilizar o método “empírico”.

O que é método empírico?

“Empírico é um fato que se apoia somente em experiências vividas, na observação de coisas, e não em teorias e métodos científicos. Empírico é aquele conhecimento adquirido durante toda a vida, no dia-a-dia, que não tem comprovação científica nenhuma. Método empírico é feito através de tentativas e erros, é caracterizado pelo senso comum, e cada um compreende à sua maneira. O conhecimento empírico é muitas vezes superficial, sensitivo e subjetivo. É conhecimento baseado em uma experiência vulgar ou imediata, não metódica e que não foi interpretada e organizada de forma racional.” O antônimo de empírico é “rigoroso”, “preciso” ou “exato”. Fonte: significados
Veja algumas situações onde o método empírico é utilizado no marketing digital. Já presenciou algum caso assim?
  1. Preferências do analista de marketing por conhecer melhor determinadas plataformas. Exemplo: sua experiência mais relevante era marketing de conteúdo, então coloca esta opção como prioridade total na estratégia da nova empresa.
  2. Preferências pessoais dos gestores, proprietários ou analista. Exemplo: o responsável pela estratégia usa mais a rede social “A” no seu dia a dia para fins pessoais. Por isso, quer ver sua empresa “bombando” nesta plataforma, pois acredita que seu público é como ele.
  3. Influenciado por determinada marca de plataforma digital que segue. Exemplo: o empreendedor segue a “marca A” de plataforma de automação, e tem pouco engajamento com as plataformas “B” de anúncios e “C” de redes sociais. Então coloca este ferramenta como centro da estratégia.
Estes cenários são mais comuns do que se imagina, e o “achismo” leva muitos negócios ao fracasso. Quando descobrem o erro já é tarde demais, muitos recursos e tempo foram perdidos. E agora os concorrentes já dominaram o cenário digital, ficando mais caro ou até mesmo impossível superá-los com os recursos disponíveis.

Criando um método científico para escolher canais de alcance

Criamos um método científico e uma ferramenta para auxiliar o planejamento de campanhas. Assim é possível acelerar o aprendizado e realizar campanhas de sucesso rapidamente. É um excelente ponto de partida, uma inspiração para sua estratégia. Conforme o avanço da maturidade digital da sua empresa, será possível utilizar dados, experiência e processos para personalizar este método e atingir resultados ainda melhores.

Tipos de mídias digitais para alcançar, atrair, encantar e converter

O método científico vai trabalhar sobre as mídias de alcance. Por isso é fundamental entender o conceito de jornada digital da publicação e os tipos de canais de marketing.

https://preview.redd.it/7m3q1ro9ehu31.png?width=502&format=png&auto=webp&s=7c28b40026e97ef90a4a600b49750850b62fc240
Caso tenha dúvidas, leia antes:
Só há um erro pior que escolher as mídias de alcance erradas: é escolher uma mídia com outra finalidade para o papel de alcançar. Nos conceitos citados acima exemplificamos os tipos de mídia para não haver dúvidas.
Exemplo: a empresa faz um investimento pesado para criar vídeos para seu canal no Youtube, com o objetivo de atrair mais clientes, e acaba com todos os recursos, ficando sem orçamento para executar campanhas de performance. O Youtube, assim como um site, pode ser uma ferramenta para alcançar clientes, desde que a publicação indexe na plataforma, conquistando relevância na busca do Google. Mas as chances de obter sucesso na busca são cada vez menores, e mesmo que ocorra pode demorar mais de um ano.
Então ao mesmo tempo que é importante prezar pelas técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para site, blog e Youtube, não se deve contar como estratégia primária. Estas mídias apoiam a jornada digital para alcançar pessoas, mas sua função principal é receber leads de campanhas, encantá-los e levá-los para a conversão. Aliás, uma estratégia de SEO precisa do apoio de tráfego patrocinado para gerar tração. São poucas empresas com volume significativo de engajamento para ignorar esta técnica.
Então, para complementar esta estratégia dos vídeos no Youtube, seria necessário utilizar o Facebook Ads (patrocinado) ou Google Vídeo Ads para alcançar e atrair clientes para seu canal do Youtube ou website. Caso tivesse uma base de e-mails própria e de qualidade, também poderia disparar newsletter informando dos novos conteúdos. Em casos mais avançados um fluxo de automação para distribuir os conteúdos conforme perfil de cada visitante.
Resumindo, conhecer a finalidade de cada canal de marketing (mídia) é essencial para criar planos de marketing digital.

Fatores que influenciam na escolha das mídias de alcance

Para realizar uma escolha “mais científica” e “não empírica”, deve-se mapear os fatores que influenciam nos canais mais indicados. A partir disso conseguimos criar um método para escolher as mídias sociais, plataformas ou canais de marketing para as campanhas digitais.
Cada tipo de produto e negócio terá um caminho diferente na jornada de compra do cliente. Isto impacta na estratégia de mídias, públicos, horários, dias, valor de investimento e estratégia de comunicação.
Exemplo: a compra de um carro costuma ter em média 900 interações (fonte: Google). Enquanto a compra de um vinho costuma ter entre 1 a 10 pesquisas. São estratégias muito diferentes, e uma não funciona para a outra.
A estratégia como um todo é impactada por várias combinações e não é possível criar em apenas um conteúdo uma metodologia que aborde todos os fatores. Vamos focar nos itens que impactam na escolha dos canais de marketing:

Experiência do Produto no Mercado

Um dos fatores principais na estratégia de marketing digital é se o produto é disruptivo ou consolidado.
  • Produtos disruptivos são novos conceitos, ideias, tecnologias. Por exemplo, quando surgiram os primeiros celulares com “touch screen”, as primeiras ferramentas de automação de marketing, os primeiros aplicativos como Uber e Ifood, ou o carro elétrico. Por não haver uma demanda latente, é preciso estimular. É preciso agir com ações proativas, para “chegar” até o consumidor, criar desejo, educar e eliminar barreiras. Há poucas buscas diretas ou nenhuma. No caso do carro elétrico há buscas indiretas, pois as pessoas buscam os veículos tradicionais. Mídias de alcance indicadas: redes sociais, rede de display e e-mail marketing.
  • Produtos já consolidados fazem parte do cotidiano das pessoas. É preciso priorizar ações reativas, ou seja, aparecer para quem já tem a intenção de compra. O desafio principal é superar os concorrentes, tanto no alcance quanto na apresentação dos benefícios. O preço e a força da marca são fatores cruciais para a decisão. Mídias de alcance indicadas: rede de pesquisa, comparador de preço, redes sociais, rede de display e e-mail marketing.
Dúvidas? Veja o conceito de canal de alcance, atração, encantamento e conversão.
Outros fatores relevantes de produto
  • Importância do apelo visual.
  • Valor agregado: baixo valor versus alto valor.
  • Recorrência de consumo.

Perfil do Público

Há diversos fatores nos públicos que influenciam na estratégia, alguns são complexos de identificar e definir a importância. Então vamos considerar apenas o perfil de negócio, que é claro e objetivo: B2B ou B2C
  • B2B (Business to Business): negócios entre empresas. Exige ações contínuas, pois o prazo de decisão pode ser longo. Estimular o consumo é importante, porém ser reativo e aparecer no momento de compra é prioridade. Mídias de alcance prioritárias: rede de pesquisa, rede de display, redes sociais e e-mail marketing.
  • B2C (Business to Consumer): empresa para consumidor final. O B2C envolve maior escopo de ações, pois os consumidores finais estão mais espalhados nas mídias digitais. Tem maior capacidade de estimular o consumo, através de mídias pró-ativas como as redes sociais e e-mail marketing. E quando chegar o momento de compra, aparecer nas buscas de forma reativa. Mídias de alcance prioritárias: redes sociais, guias e busca local, comparador de preço, marketplace, rede de pesquisa, e-mail marketing e rede de display.
Importante: caso a empresa atenda os dois públicos, criar estratégias distintas.
Outros fatores relevantes de público
  • Faixa etária.
  • Gênero.
  • Classe social.
  • Novos versus conhecidos.

Modelo comercial

Cada vez é mais comuns as empresas terem estratégias multicanais, ou seja, loja física e e-commerce. Algumas ações vão se complementar, outras exigem estratégias separadas.
  • Venda presencial. Quando a venda é preferencial em lojas físicas, as campanhas têm o objetivo de levar pessoas até o ponto de venda. O SEO (Search Engine Optimization – otimização para mecanismos de busca) assume um papel ainda mais importante, com destaque para as soluções de busca locais, como o Google Meu Negócio. Além de campanhas proativas para despertar o consumo, a presença online no momento da busca é decisiva. Mídias de alcance prioritárias: Google orgânico (SEO), rede de pesquisa e rede social.
  • Venda online (e-commerce ou atendimento remoto). No caso de venda online, seja e-commerce ou por pedido e negociação remota, há a necessidade de atrair e manter o cliente na jornada de compra. Assim, o marketing digital invade em parte (ou toda) a área comercial. Mídias de alcance prioritárias: comparador de preço, marketplace, redes sociais, rede de pesquisa, e-mail marketing e rede de display.
Outros fatores relevantes ao modelo comercial
  • Modelo de assinatura e clubes.
  • Venda direta ou via marketplace.
  • Abrangência: mundial, nacional, regional ou local.

Classificação do orçamento

O orçamento pode ser amplo ou limitado, dependendo do tamanho do público-alvo. É uma relação entre a demanda existente e o orçamento.
Exemplo: R$ 5.000 por mês de orçamento para uma empresa que atua nacionalmente e tem um público de 2 milhões de pessoas é limitado, enquanto este mesmo orçamento para uma empresa local com 30 mil clientes potenciais é amplo.
  • Orçamento limitado. Quando o orçamento é limitado em relação ao tamanho do público-alvo, deve-se priorizar os consumidores que estão no momento de compra. É uma estratégia de curto prazo que funciona, mas com tendência de saturar o consumo. Porém lembre-se que estratégias de curto prazo têm dois efeitos colaterais principais: 1.Não permitem baixar o custo de aquisição ao longo do tempo. 2. Não promove autoridade da marca. Assim, se o mercado for competitivo, resta brigar por preço.
  • Orçamento amplo. Já nos casos de orçamento amplo é possível alcançar mais pessoas e criar uma base para vender mais a médio e longo prazo. Estes leads serão trabalhados até chegarem no momento de compra. A marca será reconhecida e terá autoridade para este público engajado, o que facilitará a decisão de compra a favor da empresa por aspectos técnicos e de confiança. Também é possível utilizar mais mídias para conquistar resultados expressivos.

Maturidade no marketing digital

Os estágios da maturidade digital podem ser classificados como iniciante, visionário, desbravador ou líder. Quando se inicia no marketing digital é necessário trabalhar com públicos segmentados (desconhecidos), pois ainda não existe uma base de remarketing e lista de e-mail captada. Também não se tem a experiência de quais canais de marketing funcionam melhor, qual a proporção adequada de investimento em cada um, e quais tipos de ações ou formato das publicações geram mais engajamento.
O avanço na maturidade do marketing digital promove maior precisão nas ações, para um público maior e mais selecionado. A equipe já sabe o que funciona, e o público principal é formado por seguidores, lista de e-mail e lista de remarketing. Assim é possível reduzir o custo por conversão.
O que define a maturidade é o quanto a empresa já caminhou no mundo digital e a experiência da equipe. De 2 a 4 anos a empresa já pode estar em estágio de visionária ou desbravadora, desde que tenha feito os investimentos corretos. Acima de 4 anos costuma estar em estágio de desbravadora ou até mesmo líder.

https://preview.redd.it/fdw67nzwehu31.png?width=650&format=png&auto=webp&s=d8353634030dac69affa0937a09bbe465c72b00b
Quer saber mais? Leia O que é Maturidade no Marketing digital.

Como Escolher as Mídias de alcance

A maioria das mídias de alcance são patrocinadas. Uma exceção é o e-mail marketing, porém este canal depende de maturidade digital para ter listas relevantes, e cada vez parecem ser menos efetivas após o surgimento de novos canais mais dinâmicos. O alcance orgânico reforça a estratégia e tem mais força para quem está em estágio avançado de maturidade no marketing digital.
A base da estratégia é criar um mapa entre os fatores listados anteriormente, pontuar as mídias e chegar a uma fórmula que defina os valores a serem investidos. Mas isto requer uma grande massa de dados e experiência, e não há mais como perder este tempo. O marketing digital está cada vez mais competitivo e o tempo da tentativa e erro acabou.

Como funciona o Planejador de Campanhas – Orçamento e Mídia

Com base em alguns dados do seu perfil, algoritmos inteligentes criados por especialistas utilizam milhões de dados reais. É uma combinação de:
  • Tecnologia.
  • Experiência.
  • Dados.
  • Estatística e matemática.
  • Seu perfil.

Quais informações são apresentadas no plano gerado

Baseados nesta combinação de dados, algoritmos encontram as respostas abaixo:
  • Orçamento sugerido.
  • Como seu orçamento disponível está em relação ao sugerido.
  • Previsões de alcance.
  • Quais mídias são indicadas para seu orçamento.
  • Valor indicado para cada mídia.
  • Táticas de marketing digital: performance, marketing de conteúdo, branding, etc.

O que precisa ser informado

Você informa apenas:
  • Perfil do público (B2B ou B2C) Dúvidas? Leia acima perfil do comprador
  • Tamanho do seu público (número de pessoas). Dica: utilize a ferramenta de público do Facebook Ads para simular e descobrir o tamanho do seu público segmentado. Para isso considere região, faixa etária, gênero, ocupação ou formação e interesses.
  • Maturidade digital da sua empresa (iniciante, visionário, desbravador, líder). Dúvidas? Leia acima maturidade digital.
  • Experiência do produto no mercado (disruptivo ou consolidado). Dúvidas? Leia acima experiência do produto no mercado.
  • Modelo comercial (e-commerce ou venda física). Dúvidas? Leia acima modelo comercial.

Como interpretar o plano de campanhas gerado

a) Estratégia de comunicação: anúncio ou conteúdo:
  • Anúncio: propaganda.
  • Conteúdo: texto, vídeo ou infográfico educativo, normalmente publicado em um blog próprio.
Dúvidas? Leia que é estratégia de comunicação no marketing digital.
b) Tipo de segmentação de público (segmentado, remarketing, lista de e-mail):
  • Segmentado: pessoas que tem potencial para comprar seu produto, considerando dados demográficos e interesses. As ferramentas de alcance, como Facebook Ads permitem criar e segmentar pessoas por critérios demográficos e comportamentais.
  • Remarketing: pessoas que visitaram seu site e estão rastreadas em uma mídia de alcance vinculada a ele. Para iniciantes este público costuma ser pouco expressivo.
  • Lista de e-mail: lista própria, captada ao longo do tempo com estratégias de marketing digital. Por isso só indicamos e-mail para empresas em estágio mais avançado de maturidade digital.
c) Táticas de marketing digital:
  • Marketing de performance: fazer anúncios diretos, promover publicações nas redes sociais, rede de display, rede de pesquisa, comparadores de preço, etc.
  • Marketing de conteúdo: educar o público através de textos e vídeos, falando dos seus produtos e serviços. Para ser efetivo é necessário associar ao marketing de performance, para promover os conteúdos.
  • Branding: estratégias para tornar a marca relevante. Na prática, são anúncios com objetivos para longo prazo.
  • Automação de marketing: utilizar ferramenta apropriada e criar fluxos de comunicação para educar e estimular os leads a avançarem na jornada de compra.
d) Facebook Ads: É a ferramenta do Facebook para gestão de anúncios, que abrange os canais Facebook, Instagram, Messenger e Rede de Parceiros. Sugerimos utilizar sempre os posicionamentos para Facebook Feed, Instagram Feed e Stories do Instagram. Os outros posicionamentos devem ser usados com cautela.
e) Google Shopping Ads: Somente quando for e-commerce.

Conclusão

Diversos fatores influenciam na escolha da mídia. Isto não significa que devem ser empregados métodos empíricos para planejar as campanhas. Com o método descrito acima é possível criar um ponto de partida científico. A partir disso, utilize sua experiência ou softwares mais avançados para aprimorar as técnicas de escolha.
Links relacionados:
submitted by Brunoekyte to MarketingDigitalBR [link] [comments]


2019.10.18 17:26 simonekama Como Ganhar Seguidores No Instagram De Forma Rápida.

Como Ganhar Seguidores No Instagram De Forma Rápida.
ganhar seguidores no Instagram pode ser muito fácil com automação Instagram. Aprenda também a baixar video do Instagram rapidamente.
Você sabia que os principais motivos pelo qual empresas não conseguem vencer as barreiras de custar muito está no que eles acreditam?
Parece até um milagre! Mas, na verdade, é apenas o resultado que empresas estão atingindo com essas dicas que vou te apresentar neste artigo. Se você quer baixar video do Instagram, chegou a hora de usar nosso sistema.
Acesse a plataforma Maisgram com seu login e senha do Instagram, clique em ganhar seguidores no Instagram, um contador de seguidores enviados será aberto, mantenha-se logado na plataforma até a conclusão do processo. Seu Instagram deve estar no modo público, em privado não funciona.
Sim, esse é justamente o mecanismo de funcionamento da plataforma, você irá seguir e curtir outros usuários para que receba os mesmos benefícios em troca. A prática de Unfollow e Unlike (deixar de seguir ou deixar de curtir) não é permitida e sua prática resulta na exclusão da plataforma sem aviso prévio.
Sabe quando você quer baixar video do Instagram e fica desmotivado por custar muito? Esse é o mal de muitos empresas que não descobriram ainda dicas.

empresas precisam ter disciplina para ir de encontro ao que tanto desejam: baixar video do Instagram. E para isso, é necessário conquistar dicas profundos sobre seguidores Instagram como esses.

A Prova Profunda De Que Ganhar Seguidores No Instagram Funciona!
No artigo de hoje, vamos falar EXCLUSIVAMENTE sobre as vantagens de ser um profissional da área de ganhar seguidores no Instagram. Prepare-se, pois dicas valiosas estão prestes a serem lidas pelos seus olhos de empresa faminto por boas informações sobre esse assunto!

Chega! 15 Coisas Sobre Ganhar Seguidores No Instagram Que Estamos Cansados De Saber!

Como ganhar seguidores no Instagram pode mudar a sua vida de empresa? Já imaginou em incluir na sua rotina diária a obtenção de dicas e seguidores Instagram como estes?

Bombando seu perfil no Instagram

O que todos querem no Instagram é conseguir cada vez mais visibilidade, mas sempre vem aquela dúvida… “Afinal, como eu posso aumentar minha audiência se eu ainda não tenho um perfil muito popular no Instagram?”
Nós da SeguidorBrasil possuímos um dos maiores sistemas para adquirir mais Seguidores e Curtidas no Instagram a partir de perfil de Brasileiros reais.
E para você entender perfeitamente o que nós fazemos, veja a seguir mais detalhes

Ganhar Seguidores Instagram

Alguns dos nossos usuários nos perguntam: “como ganhar seguidores no instagram?”, “é possível seguidores grátis no instagram?”, “tem como ganhar seguidores instagram reais?”. Somos especializados em insta e a resposta para todas as perguntas é SIM.
O Instagram é uma ferramenta de rede social para divulgação de conteúdos, produtos e serviços por profissionais, lojas, empresas, influenciadores digitais (digital influencer). Com a sua popularidade foram criadas várias ferramentas grátis capazes de permitir usuários a ganhar seguidores brasileiros em seu perfil.

Compartilhe conteúdo de outros perfis

Compartilhar conteúdo de seguidores, parceiros ou de influenciadores no seu nicho dando os devidos créditos é uma boa forma de se aproximar de perfis importantes. Além disso, há a possibilidade de seu Instagram ser mencionado por esses perfis dos quais selecionou uma foto.
O ideal é que você comunique por mensagem direta que está compartilhando esse conteúdo com os créditos e o porquê, preferencialmente ressaltando o que é bacana nesse perfil. Assim, você cria uma conexão com esse perfil e se mostra disposto à colaboração.
ganhar seguidores no Instagram é incrível. Se você faz parte desse mundo de empresas, prepare-se para viver os melhores dias de sua vida. Siga empresas profissionais, que agem com seriedade. Você não irá se arrepender de aprender e seguir os dicas.
No artigo de hoje, vamos apresentar {a entrevista} feita com uma das maiores personalidades a respeito de “ganhar seguidores no Instagram”. Então, dicas sobre como evitar a tão temida custar muito e informações sobre baixar video do Instagram vão ajudar bastante você que é empresa!
Parece que baixar video do Instagram está tão longe para empresas que ainda sofrem por custar muito. Mas, é possível eliminar esse problema, seguindo seguidores Instagram muito simples sobre automação Instagram.

Sua Estratégia De Ganhar Seguidores No Instagram Funciona? Descubra Vendo Isso!

Use o recurso do Stories

Como os stories são mostrados em buscas para locais e hashtags, produzi-los é uma ótima forma de fazer com que seu conteúdo seja descoberto e, então, ganhar seguidores no Instagram.
Para ser encontrado e fazer com quem assistiu passe a seguir seu perfil, é necessário:
  • Utilizar sempre uma hashtag;
  • Colocar a sua localização (ou a localização de quem você quer atingir);
  • Criar um pequeno texto explicando o conteúdo daquele story para o caso da pessoa não acionar o áudio;
  • Ser objetivo, mas dar motivos para as pessoas quererem ir para o story seguinte, caso você tenha produzido uma sequência;
  • Em caso de sequências de stories, o ideal é fazer e editar todos os vídeos primeiro, salvá-los em seu celular para depois postá-los. Desse modo, você não corre o risco de ter um intervalo grande de tempo entre um e outro e perder a audiência;
Com essas dicas em mãos, produza diferente formatos de stories (fotos, vídeos com alguém falando ou até imagens editadas com texto) para ver qual gera mais interesse da sua audiência.

Como ganhar seguidores no Instagram pode alavancar o seu negócio?

Uma empresa que deseja criar uma forte identidade no atual mercado digital e, assim, obter os melhores resultados, precisa investir em uma boa estratégia para aumentar o alcance das suas ações de marketing.
Então, se você optar pelo Instagram para veicular suas ações, obter o maior número de seguidores é imprescindível.
Por outro lado, um alto número de seguidores não será o bastante quando eles não forem usuários qualificados. De fato, quanto mais pessoas acompanham o seu perfil, maiores serão as visualizações das suas publicações. Porém, quando esses seguidores não possuem o perfil do seu consumidor, o engajamento será baixo.
Para criar uma audiência qualificada para seus stories e publicações do feed é preciso conquistar seu espaço com bastante empenho. Ou seja, você precisará investir tempo para criar uma comunicação eficiente para seus consumidores. Só assim você conseguirá ver os números de seguidores, comentários e curtidas aumentando.
Portanto você pode impulsionar seu negócio, gerar vendas e aumentar o reconhecimento da sua marca com o Instagram. Mas, para isso, é preciso bastante esforço e sempre evitar “soluções mágicas” que oferecem por aí.

Você Trabalha Com Ganhar Seguidores No Instagram? Leia Isso Agora!

O que todo empresa quer é baixar video do Instagram mas por enfrentar custar muito, acaba querendo desistir.
É extremamente necessário cuidarmos de nosso “eu” como empresa. Como empresa. O cuidado com quem nós somos, nossa vida pessoal é primordial no nosso dia a dia. E acredite, isso acaba determinando até se vamos baixar video do Instagram bem ou não…
É possível que os conceitos de ganhar seguidores no Instagram sejam aliados na sua vida e no seu cotidiano. Deixo aqui a minha recomendação final desse seguidores Instagram que você vai encontrar vários dicas sobre automação Instagram. Se colocar em prática, com certeza irá baixar video do Instagram.

Faça conteúdo relevante

Para ganhar seguidores no Instagram, é preciso ficar conhecido na rede, seja pelo “boca a boca” dos usuários seja com a ajuda da própria mídia social – que se encarrega de divulgar e dar visibilidade às páginas mais engajadas. A melhor forma de agradar o público alvo é postando fotos, imagens e legendas que tenham um bom conteúdo.

Interaja com os usuários

Outra maneira de aumentar o engajamento da sua página é interagindo com os seguidores. Curta as publicações deles, converse pelo direct e responda os comentários nos primeiros 60 minutos após a postagem. Além de aumentar o alcance das fotos, essa estratégia ajuda a fidelizar os seus seguidores e os incentiva a recomendar sua página.
O Maisgram oferece um serviço diferenciado para seu Instagram, aumente sua visibilidade para alavancar seu negócio. Nossa ferramenta vai atrair pessoas que realmente se interessam pelo seu perfil, você escolhe o público e ganhar seguidores no Instagram.
Confira já nosso artigo sobre Automação Instagram para saber mais.
Teste agora o sistema de Instagram Seguidores.

https://preview.redd.it/plsxth4dibt31.jpg?width=400&format=pjpg&auto=webp&s=36976f7b2dbba92c4303269166b426993e3aa50d
submitted by simonekama to u/simonekama [link] [comments]


2019.07.27 11:13 EuSoQueroQue Para vc que amei

(Escrevi essa carta pensando em não mostrar para ninguém. Mas não teve o efeito que eu esperava. Quem sabe se outras pessoas lessem)
Oi, tudo bem?
Menos de uma semana atrás eu te mandei uma mensagem sobre um filme que assisti. Dessa vez vc respondeu. Foi educada, mas não continuou a conversa. Para mim foi o suficiente para achar que desta vez a msg tinha alguma chance de virar uma conversa, então fiquei tentando pensar em como puxar assunto. Não quis usar perguntas pq não queria fazer vc se sentir obrigada a responder. Pensei em te contar sobre a minha vida, que mudou bastante nos últimos 2 anos.
Mas achei que esse seria um bom assunto para quando finalmente conversarmos em pessoa. Acabei escolhendo um elogio, a maravilhosa habilidade que vc tem e sempre me deixou com inveja foi a capacidade de ter assuntos e manter uma conversa saudável. Mandei essa mensagem,
Agora acho que vc pode estar interpretando como se eu estivesse sendo "passive-aggressive", como que reclamando de vc ter sido "apenas" educada e não continuada a trocar msgs.
Eu odeio que a parte de mim que tenho te mostrado nos últimos 10 anos foram de msgs nos momentos que estive mais triste, solitário ou fragilizado de alguma maneira. Toda vez que paro para pensar, sei que estas msgs só servem para te afastar ainda mais de mim. Mas, acho que saber que vc está do outro lado, ainda que não me ouvindo, tem me feito bem.
Anteontem te mandei outra mensagem. Desta vez mais parecida com uma conversa saudável. Contei que mudei de emprego, de cidade, perguntei como vc está. Dessa vez o resultado foi muito diferente. Não quanto a sua resposta, mas que poucas horas depois de enviar a msg a minha "crise" atual melhorou bastante. Ao ponto de achar que eu estava bem, pelo menos até a próx crise daqui 2 ou 4 anos.
Foi pensando nesse bem estar que resolvi escrever esses sentimentos. "Talvez seja o processo de transformar seus sentimentos em palavras que tenha tido o efeito benéfico." Decidi que, da próx vez que eu realmente precisasse dizer alguma coisa, escreveria neste papel. Não demorou para meus pensamentos estarem cheios de novo.
Assisti um vídeo sobre relações abusivas, e me corta o coração identificar atitudes minhas como as de um namorado abusivo. Eu me odeio por todo mal que já te fiz e nem pedi desculpas. (...) Agora me lembro que eu cheguei a me desculpar por ter te ignorado naquele churrasco, mas o verdadeiro peso daquelas ações só entendi agora, que o vídeo citou explicitamente que ignorar seu parceiro em um ambiente público é uma atitude abusiva e altamente prejudicial.
Hoje eu entendo que usava o silêncio como uma arma contra você. E só posso imaginar o quanto isso te machucou.
(...)
Passei alguns minutos discutindo comigo mesmo se deveria escrever pensamentos que provavelmente irão te afastar ainda mais de mim. Escrevo com o sentimento de te mostrar, mas sem intenção real de te enviar ou mostrar esse caderninho. Por isso mesmo não faz sentido não ser honesto com o papel. Oras, ser menos honesto e escolher quais pensamentos escrever são resquícios do comportamento manipulativo meu. Como se mesmo uma carta de desabafo, que nunca será mostrada devesse ser escrita com a intenção de te convencer a conviver de novo comigo.
Até pq se eu não consigo expressar meus sentimentos para um pedaço de papel, como poderia expressá-los para você?
Os pensamentos, que meu lado medroso queria deixar de fora desta carta, era que se eu consigo hoje identificar atitudes tão tóxicas em como eu era quando estávamos juntos, provavelmente existiam outros que eu nem entendo como problemáticos. Pensei também que, quando vc me ignora nas estúpidas msgs que envio, está apenas se protegendo de uma pessoa... tóxica? abusiva?
Eu já não sei o quanto estou sendo realista ou apenas sendo auto depreciativo. Esse comportamento provavelmente é outra característica abusiva minha.
Não sei se chegou a ver o filme "before the sunset", imagino que ainda não. Passou menos de 1 semana desde que te disse para ver.
Eu gostaria muito de te dizer que quis te recomendar o filme principalmente por 2 motivos:
O tom da conversa que os personagens tem. Como se o tempo que passou não fizesse diferença nenhuma e eles fossem bons amigos durante todos estes anos. Queria que vc lêsse as minhas msgs para vc com esse tom, de maneira meio leve, meio pesada, mas principalmente honesta.
Eu sei que, em termos de voltarmos a ficar juntos, não entrar em contato e deixar o acaso nos juntar seria mais efetivo. Mesmo que demorasse muitos anos. Mas só de pensar em isso não acontecer eu sou tomado por uma tristeza, um sentimento de vazio.
O segundo ponto do filme que queria muito conversar com vc, é quando a mulher diz: "I was fine until i read your book"
Com ctz vc já percebeu que isso acontece bastante comigo. A maior parte das vezes eu me lembro de vc com saudades e carinho, e um gosto bitter sweet que fica na boca. As vezes, como essa de agora, a saudade fica demais. Eu não me controlo e acabo mandando alguma msg torcendo que encontre vc em um momento parecido, e consiga transformar a distância entre nós em uma conversa como a do filme.
MAS, eu nem sei se vc tem a mesma saudade que eu sinto por vc. Quando penso em como fui com vc, imagino que fui apenas uma fase ruim, que vc seria mais feliz se não tivesse me conhecido. Ao mesmo tempo, eu me recuso a acreditar que seja possível sentir tanta saudade de alguém que não sente a sua falta.
Acabo me convencendo que a única diferença é que vc tem um auto-controle melhor que o meu. Que as suas crises de saudades acontecem, quando alguma música ou filme te lembram de mim, mas que vc não me procura de maneiras bobas como eu faço com vc.
Me lembro de uma vez que vc me pediu uma receita, que fazia quase 9 anos que não comia aquilo. Eu devo ter te respondido de algum jeito ruim, pq quando te perguntei dos cookies que vc fez para mim um dia, não me respondeu mais. Essa vez eu fiquei muito confuso. Inicialmente achei que vc queria conversar como amigos apenas, mas quando não me respondeu pensei que vc continuava com aquela filosofia boba de "ex bom é ex morto". Fiquei com raiva. Vc me ignorava quando eu tentava algum contato, mas me pedia coisas qdo tinha algo a ganhar.
Quando a raiva passou, pensei que poderia ser saudade que te fez mandar as msgs, e não sabia o que fazer com essa possibilidade. Eu queria que fosse verdade, como se uma confirmação que eu fui importante para vc como vc foi para mim.
(...)
Agora, escrevendo, me lembro de vc comentando que eu pedi um tempo no namoro "do nada" ou algo do tipo. Metade dos motivos eu tenho ctz que já tinha reclamado para vc antes, e vc não fez esforços para melhorar. Era o jeito como vc tratava seus amigos homens, dando muita liberdade, inclusive quanto a contato corporal, de abraços por trás e cócegas. Essas atitudes me machucavem tanto nos meus ciúmes quanto nas minhas inseguranças. Aquele dia que eu tentei fazer cócegas em você e não consegui me incomoda até hoje. Ver um amigo seu te fazer cócegas, o jeito que vc ria, acabou comigo naquele momento.
A segunda metade de pq eu quis das um tempo, essa é a parte mais difícil de confessar. Gostaria de te dizer em pessoa, mas muito provavelmente eu nunca vou ter a oportunidade.
Quando a gente já não estava tão bem juntos, apereceu alguém.
Era uma mulher muito bonita e simpática. Acho que tanto eu como ela sentimos uma conexão, daquelas que vc sabe que a outra pessoa tb tem?! Bom, começamos a conversar mais. Me sentir próximo de alguém no mesmo momento que me sentia distante de vc me confundiu bastante. Hoje eu entendo que foi apenas um "crush" e que a gente não controla com quem vai se sentir atraído. Mas na minha cabeça isso era inaceitável. Sentir-se atraído por outra mulher era incompatível com a minha definição de amor.
Se eu tivesse na época o pouco de maturidade que tenho hoje, eu saberia que esse sentimento não significava nada. Que não havia necessidade de passar nenum dia longe de vc.
Lambrar dos meses seguintes, quando tínhamos separado mas não de verdade, Vc quis voltar a ficar juntos, eu não quis. Depois eu quis, vc não. Aí inverte mais uma vez, e depois outra. Como se fosse um problema de desencontros ou timing.
Mesmo quando estávamos namorando, toda vez que acontecia a menor das brigas eu demorava para processar meus sentimentos. Até lá vc já tinha se cansado de tentar me animar, tentar me ajudar a me abrir mais. Então, quando eu finalmente superava o motivo inicial da briga, vc estava agora chateada comigo por ter sido tão frio e distante durante a briga.
Talvez se vc tivesse mais paciência com a minha demora em digerir emoções. Talvez se eu fosse mais maduro emocionamente. Eu já não sei mais.
Só sei que é tarde demais para pedir desculpas. Eu imagino que vc me veja como o ex abusivo, que ainda tenta entrar em contato apenas para ser manipulativo. Mas eu só quero que vc saiba que eu estou pensando em vc. Que eu te vejo como a pessoa mais importante a passar na minha vida até hoje.
Eu só quero que vc saiba que eu te vejo como no filme, que um dia vamos nos encontrar, sem horários, sem relacionamentos, e que nesse dia nós vamos conversar natural e honestamente, e se não for para ficarmos juntos, que pelo menos eu consiga te pedir desculpas.
Desculpas por todas as lágrimas que eu te fiz derramar.
Desculpas por todas as brigas que não deveriam ter existido.
submitted by EuSoQueroQue to desabafos [link] [comments]


2019.07.05 15:19 faxinadahora Empresa de Serviço de Diarista em BH Minas Gerais

Procurando Empresa de Serviço de Diarista em Contagem MG?

Faxina da Hora é uma empresa de limpeza em Belo Horizonte – MG, ela vem se destacando por proporcionar ao cliente agilidade na contratação de mão de obra de ( Diarista, Faxineira e Passadeira ).
Todos os colaboradores da Faxina da Hora, são qualificados e credenciados, tornando assim a sua contratação segura.

Como contratar a Empresa de Serviço de Diarista em BH Minas Gerais Faxina da Hora pelo site?

Com um plataforma dinâmica e fácil de usar, você escolhe a sua limpeza para (casa, empresa ou escritório ), então você escolhe dia e hora para o seu atendimento, o valor da sua diária sai na hora, pronto e só contratar.

Como contratar a Empresa de Serviço de Diarista em BH Minas Gerais Faxina da Hora pela central de atendimento?

Muito simples, acesse o site: faxinadahora.com consulte nossos telefones, ou fale diretamente em nossa unidade TEL: (31)3245-4544📷Vale ressaltar que, após a contratação você receberá um e-mail confirmando o dia e hora agendado por você.Nossos preços são acessíveis e de acordo com o mercado, para você fazer o agendamento basta inserir quantos quartos e banheiros sua residencia tem, e pronto e só contratar. Para seu “negocio” basta nós informar no site a área e quantidade de banheiros que tem a sua empresa.

Você pode escolher entre os serviços.

Veja no site o que está incluso em seu serviço.

Escolha a frequência da sua diária

Apos a contratação você recebera um e-mail com os seguintes dados:

1- Confirmação do pedido e dados contratado
2 – Dados do profissional que ira te atender.
Após término do serviço você receberá um e-mail com as seguinte solicitação ” Avalie o profissional “

Segurança

Todos os prestadores domestico autônomos passam por um rigoroso processo seletivo onde são necessários experiência previa no setor de limpeza. Alem disso e consultado todas as referências anteriores de cada autônomo, também realizamos entrevista pessoal com cada um dos prestadores, para analisarmos o nível de conhecimento na área da limpeza que corresponda ao perfil da Faxina da Hora.
CONTRATAR E RÁPIDO, FÁCIL E SEGURO!
Faxina da Hora, simplificando a vida de quem precisa.
submitted by faxinadahora to u/faxinadahora [link] [comments]


2019.04.28 14:30 AlulimOfEridu Por que as pessoas compram o argumento feminista da liberdade sexual? - Parte 2

Meu post anterior (https://www.reddit.com/PilulaVermelha/comments/bg1lj6/por_que_as_pessoas_compram_o_argumento_feminista/) despertou a fúria dos "feministos" no /brasilivre (veja vc, um sub de direita). Vou clarificar aqui alguns pontos, ao mesmo tempo já respondendo as críticas feitas.
O sexo não é apenas para reprodução
Sem dúvida. Eu não disse que sexo é apenas para reprodução, e nenhuma parte do meu primeiro post depende dessa premissa. Eu imagino que o sexo que não resulta em reprodução, assim como a masturbação, só dão prazer porque "enganam" nosso cérebro. A parte instintiva do nosso cérebro não sabe distinguir se vc está usando camisinha ou se masturbando. Se vc tem prazer sexual, seu cérebro entende como se vc estivesse se reproduzindo, e portanto te dá o prazer como recompensa por "fazer a coisa certa". Além disso, dentro de relacionamentos mais sérios, o sexo tem um papel de conectar o casal emocionalmente. Eu não sei bem como funciona a biologia dessas questões, mas o que importa é que os drives que mencionei no post original continuam existindo, independentemente desses drives adicionais.
Relevância dos instintos
Alguém afirmou que se fossemos seguir nossos instintos, estaríamos matando gente por aí, comendo só coisas altamente calóricas, etc. Bom, primeiro, esse exemplo das comidas calóricas é um ótimo reforço do meu post original: mesmo sabendo que essas comidas não são saudáveis e não são a melhor opção, muitas vezes nossa razão é simplesmente esmagada pelos instintos, e acabamos muitas vezes comendo simplesmente o que é mais gostoso (ou seja, sucumbindo aos instintos). Mesma coisa com as questões que comentei sobre o sexo. Por mais que hoje nós não tenhamos os mesmos problemas que os homens das cavernas, os instintos são praticamente os mesmos, então por mais que a sua razão possa dizer "tudo bem minha namorada transar com outro cara, hoje existe camisinha então tudo bem", os seus instintos vão ainda te dizer que isso é inadmissível, porque os instintos foram moldados numa era onde não existia camisinha. Ou seja, vc até pode querer ser racional e aceitar várias coisas "modernas" de hoje em dia (relacionamento aberto, cuckagem, etc.), mas vc será infeliz, já que a felicidade não responde ao seu eu racional e sim ao seu eu instintivo. Em conclusão, aceitar a visão dos moderninhos/feministas (de que o homem pode aceitar se relacionar com uma mulher promíscua porque elas aceitam homens promíscuos) é um caminho direto para a infelicidade: vc pode dizer a si mesmo que faz sentido pelo lado "racional", usando o argumento da igualdade, mas por outro lado estará constantemente sendo submetido a respostas emocionais negativas, porque seus instintos "não querem" isso. Sabendo disso, a escolha realmente racional é ter o mínimo de respeito com os seus instintos e rejeitar relacionamentos sérios com esse tipo de mulher.
Pelo lado da mulher, no entanto, a perspectiva "tradicional", onde o homem pode ter várias parceiras mas a mulher não, não oferece grandes problemas. A mulher continua podendo exercer seu instinto de escolher o melhor homem possível, e portanto se sentir "feliz". Na verdade pra ela é desejável inclusive que o cara tenha tido várias parceiras, já que isso indica pra ela uma filtragem prévia: várias mulheres já aprovaram o cara, então ele deve ter alto valor. Esse paralelo novamente não existe do outro lado: uma mulher rodada não é sinal de ter alto valor pra um homem - é só ver o quanto uma prostituta é cobiçada pra casamento. O único argumento pró-igualitarismo em termos de número de parceiros sexuais é o apreço a simetria que temos: "se um pode o outro também pode", "igualdade é bom".
É muito fácil observar a permanência desses instintos hoje em dia. Pergunte se alguma mulher vai querer um cara virgem. Geralmente não, além desses caras serem motivo de chacota generalizada. Já pra um homem, pergunte se ele casaria com uma ex-prostituta ou ex-atriz pornô. Hoje em dia com o feminismo é capaz que alguns já tenham tido lavagem cerebral o bastante pra dizer "sim", mas a maioria diria "não" sem pensar muito.
O ponto principal é: os instintos foram moldados em outro período e não refletem os problemas e necessidades de hoje em dia, mas eles ainda nos afetam de qualquer modo, e tentar negá-los totalmente gera infelicidade. Mais: por que a sociedade celebra a busca feminina por realizar sua sexualidade (leia-se: seguir seus instintos), enquanto condena o homem por seguir o seu instinto de não querer relacionamento sério com mulheres rodadas? É dois pesos, duas medidas.
Liberdade sexual é boa porque todo mundo quer sexo
Meu post original nem sequer é contra a liberdade sexual. É apenas um apelo para que os homens parem de ser cucks. Quer curtir a liberdade sexual? Vai fundo! Encorajo qualquer homem a fazê-lo. Procurem as mulheres que estejam dispostas a oferecer sexo fácil, e divirtam-se. Uma coisa é transar, outra é namorar e casar com essas mulheres. Uma mulher que já teve vários parceiros perde sua capacidade de se conectar intimamente. Então seja seletivo na hora de escolher uma mulher pra algo sério. Como dizem na comunidade da pílula vermelha: a moeda de troca da mulher é o sexo, a do homem é o compromisso. Não dê exclusividade pra uma mulher que não te dê exclusividade no sexo.
Red Pill é coisa de incel misógino frustrado sexualmente
Bom, esse é um ad hominem batido, nem tem o que responder. Nada do que é falado nas comunidades red pill tiram qualquer liberdade das mulheres, apenas tentam encontrar melhores estratégias sexuais para os homens. Qual a conexão entre ser um homem que busca melhores estratégias para se relacionar com mulheres e ser um incel/misógino/frustrado sexualmente? O mais engraçado é que esse xingamento até reforça o que foi falado no post original: o uso do "homem frustrado sexualmente" como um insulto nada mais é que uma admissão de que é amplamente aceito o fato de que o homem tá aí pra comer o máximo possível de mulheres. Não existe um equivalente feminino desse xingamento, quantas mulheres são incels? O motivo a esse ponto já deve ser óbvio.
Além de tudo, quem é frustrado sexualmente hoje em dia com o sexo sendo tão fácil? No pior dos casos o cara pode simplesmente comer uma puta. Tanto a puta quanto a mulher mediana moderna já terão passado por muita rola antes de vc, então não faz lá tanta diferença de qualquer forma.
Qual o propósito dessa comunidade então? A maioria dos homens que hoje participam dessas comunidades são homens que notaram o quanto o mainstream feminista favorece a sexualidade feminina em detrimento da masculina, e que melhoraram suas vidas ao terem acesso a essa nova visão, e agora querem retribuir e abrir os olhos de outros homens para que também saiam da cuckagem moderna.
submitted by AlulimOfEridu to PilulaVermelha [link] [comments]


2019.01.04 14:40 mrBatata O wage gap continua a ser um mito: revisited

Ok no meu último post houve algumas críticas com argumentos bastante sólidos os quais não me foi possível responder atempadamente especialmente por que fui ler os artigos associados. Achei por bem também partilhar com o sub visto que respondendo individualmente ia ser mais moroso e muitos não iam ver pontos contra o meu argumento que partilho em baixo. (Tirei excertos e fiz link das respostas para não ficarmos com uma parede de texto substancialmente maior)
Notas:
(fim das notas)

TL;DR

No post anterior simplifiquei um problema que não é tão linear.
Mas basicamente não encontrei nada que suportasse a ideia de discriminação ACTIVA contra o sexo feminino, contudo o wage gap nos casos em que depois de ajustado ainda existe pode ser explicado pela maternidade e decisões que a antecedem.
A tarefa de ter um filho influencia as escolhas e tempo gasto no trabalho, à medida que a mulher envelhece a wage gap volta a reduzir novamente. Em bastante suma https://youtu.be/13XU4fMlN3w

TL;DR2

Ver ultimo paragrafo #Reflexões

 

Intro

Antes de mais importa esclarecer que tanto o título deste post como o do anterior são propositadamente click-baity em que apesar de ter havido muita gente a ler o meu texto na íntegra houve muitos outros que pouco ou nada leram. Escrevi este post porque acho importante mostrar outros argumentos que não se alinhem com o meu ponto de vista, ou até de outros, especialmente num mar de desinformação e tempo e atenção limitados. O título transmite que o wage gap é inexistente a verdade é um pouco mais complexa como alguns utilizadores apontaram e bem. Eu pelo que li nesta segunda passagem fiquei com uma ideia mais clara do que é que pode estar a acontecer e falo dela no final.
No meu post original centrei o meu argumento em que ajustando para várias variáveis o wage gap começa a desaparecer. Apesar de isto ser verdade não representa a imagem completa mas dá uma ideia de que a frase “as mulheres não recebem o mesmo que os homens” é muito provavelmente falsa. E este era o ponto em que me devia ter apoiado, porque para além disto ser ilegal nos países em que o “Wage Gap” está em vogue, não há (pelo que já li) provas de que isto seja verdade CONTUDO existem outros fatores que a podem tornar verdade. Um deles foi apontado no post gilded do u/davidpinho (em que apresento um excerto)
Tu não leste as tuas próprias fontes, isso é certo. Por exemplo, no artigo sobre diferenças sobre produtividade diz: [...] Uma explicação plausível para a discriminação, se bem que ainda não provada:
This age path suggests that the pay gap between men and women without children but of childbearing age is due to statistical discrimination: if productivity falls with motherhood but employers cannot lower wages when women give birth, then employers may offer lower wages to productive women in anticipation of motherhood
Em que Statistical discrimination significa:
Statistical discrimination is an economic theory of racial or gender inequality which results when economic agents (consumers, workers, employers, etc.) have imperfect information about individuals they interact with. According to this theory, inequality may exist and persist between demographic groups even when economic agents are rational and non-prejudiced.
Isto é uma possibilidade, que falo mais à frente. Os empregadores têm certamente a oportunidade de o fazer. E como indicas:
”Se este tipo de discriminação é aceitável ou não, isso já é outra discussão.”
Deixo também os pontos da conclusão do u/davidpinho que também são bastante pertinentes:
  • Isto é só um estudo, não se pode olhar só para um. A grande maioria dos estudos encontra a mesma coisa: há diferenças de salários depois de controlar por outros fatores, se bem que a diferença é relativamente pequena.
  • Quero fonte para "Em muitos ajustes é a mulher que ganha mais do que o homem pelo mesmo trabalho e com a mesma formação". Não é isso que a maioria da literatura parece mostrar e não deste fonte específica para isso.
Não encontro a que me referia por memória(colocarei se encontrar) sei que já a li há mais de 2 anos. Entretanto:
  • Não podemos assumir automaticamente que há discriminação só porque há uma 'gap' que continua a existir. Pode haver outros fatores que causam as diferenças salariais, mas...
  • ...também não podemos automaticamente assumir que a discriminação não existe só porque a 'gap' desaparece depois de ajustes. Isto acontece porque, por exemplo, é possível que as mulheres tenham mais empregos part-time por serem discriminadas quando tentam arranjar empregos a tempo inteiro.
  • Existindo diferença salarial, é possível que a discriminação seja "racional", tal como foi aludido no artigo (a tal "discriminação estatística"). Se este tipo de discriminação é aceitável ou não, isso já é outra discussão. Isto é para dizer que a discriminação pode existir sem que os empregadores estejam a deitar dinheiro fora, as duas coisas não são mutuamente exclusivas.
  • Conclusão: isto é um assunto complicado e ainda nada está definitivamente explicado, para de mandar bitaites sobre coisas que não leste.
(Sim, não li na íntegra antes de escrever o texto leio várias coisas ao longo do ano é me quase impossível voltar a encontrar o que quero utilizar para justificar o meu ponto o artigo tinha pontos contra e a favor de ambos os argumentos, daí é que o diálogo é bastante importante na minha opinião, graças ao meu post anterior tomei conhecimento de outros pontos de vista que desconhecia. Um “bitaite” não é apenas uma afirmação sem sentido é uma afirmação de uma interpretação da realidade do observador. Não vou deixar de ter uma opinião se não sei todos os factos, contudo admito que a maneira que escrevi o meu post não foi a melhor e transmitiu uma ideia errada)
Algo que me apercebi com o post anterior e uma das razões que estou a fazer este é que isto é um problema que parece bastante simples mas na verdade é bastante mais complexo e envolve várias áreas (economia, política, gestão, biologia, cultura, psicologia (preferências pessoais)) como uma crise financeira este é um problema que não se resolve com um “dá-se mais dinheiro”. E isto é em parte o que irrita mais nesta situação que não é exclusiva ao “wage gap”, tendemos agora mais do que nunca a pegar em assuntos complexos e simplificá-los a um absurdo que deixa de ter sentido e descarrila completamente o debate. Existe também bastante “desinformação” sobre todo o tipo de assuntos (p.e: a própria Forbes fala contra e a favor do wage gap a vox também) e existe também quem espalha e lucra com contra informação (um dos exemplos mais famosos vem da industria de carvão nos EUA a emitir “estudos” que desprovam o efeito estufa e o aquecimento global).
Recomendo verem este curto vídeo sobre este mesmo tema chamado de “cigarros, slots e outras coisas não viciantes”.
 
Todos concordamos no entanto (salvo algumas exceções não devidamente fundamentadas) é que quando se ajusta para vários fatores a “gap” começa a desaparecer.
Em quase todos os artigos que li não vi mencionado é haja qualquer regra que se aplique irá a mesma mudar alguma coisa?
Talvez olhar para soluções para o que vemos como um problema nos possa mostrar de onde ele realmente vem. Vamos assumir então cenários EXTREMOS para termos uma ideia geral para onde as coisas inclinam.
Primeiro cenário:
  • Todas as empresas são obrigadas a ter quotas de sexos
As empresas vão se sentir pressionadas para balançarem produtividade com números, para além de que seria inconstitucional despedir o excesso de homens ou mulheres (sim há empresas com mais mulheres que homens).
Uma empresa de obras por exemplo; imaginemos que têm 100 empregados dos quais 5 são mulheres essa empresa seria agora forçada a contratar 90 mulheres para manter o balanço.
Estas empresas vão querer mulheres que tenham conhecimento de bricolage e construção que consigam transportar e mover cargas pesadas, vamos assumir que a própria empresa nem se importa de oferecer a formação. Existem algumas mulheres fortes que conseguem ser tão produtivas fisicamente como um homem mas quantas é que existem numa população de 10 milhões? Certamente que não estão distribuídas igualmente pelo país. E dessas quantas é que querem trabalhar em obras? A empresa pode forçar os homens a fazer o trabalho forçado e deixar as mulheres fazer o mais fácil mas durante quanto tempo é que isso é sustentável? Uma empresa destas tem de alocar vários empregados para vários locais e certos trabalhos são mais exigentes fisicamente do que outros. A empresa também pode ter as mulheres “encostadas na box” apenas para manter a quota mas isso não só é queimar dinheiro como ia rapidamente tornar-se num pesadelo de discriminação.
Vamos agora ver por exemplo um cabeleireiro; imaginemos que têm 5 mulheres este salão tem agora de contratar 5 homens para lá trabalharem. O salão vai querer contratar gays para manter um ambiente convidativo para mulheres (um cabeleireiro para muitas mulheres(>40 maioritariamente) é como um “fórum” onde podem interagir com outras mulheres, especialmente fora das cidades) Com >1% da população sendo homossexual não vai ser nada fácil para estes negócios encontrarem homens que consigam OU QUEIRAM ser cabeleireiros.
Mas em ambos os casos estas são as menores preocupações que as empresas enfrentam, os custos passam a ser um problema bastante sério. As empresas vão demorar e gastar bastante a treinar os novos empregados e quando os tiverem treinados não vai haver contratos externos/compras/serviços suficientes para ter todos eles a trabalharem logo vão ter de aumentar os preços, ou seja todas as empresas aumentam os preços (isto assumindo que todas as empresas conseguem encontrar pessoas para preencher o trabalho) Quero ver como é que depois convencemos a união europeia a nos dar mais euros para combater a inflação criada. Nem sequer mencionei os trabalhos que requerem formação avançada tipo medicina ou aviação em que as capacidades e não o sexo é que importam.
Segundo cenário:
  • Paga-se mais às mulheres do que aos homens, para fechar o “gap”
Primeiro não sei como é que vão conseguir fazer passar isto pelo tribunal constitucional. Uma solução possível era os homens fazerem menos horas. Isto ia ser no mínimo anedótico. Mas assumamos que passava a acontecer o que é que aconteceria?
Se as empresas tiverem de pagar mais às mulheres para diminuir a “diferença” os homens vão procurar outras formas de fazer mais dinheiro e/ou não se vão dedicar tanto à vida profissional porque não existe um incentivo para isso
Algo que todos sabemos mas parece que nos esquecemos uma parte do que leva homens a seguir empregos bem pagos é que podem usar o dinheiro e podestatus na estratégia sexual (antes de descartarem esta ideia como ridícula pensem em quantas e quais mulheres existem que estão a fim de suportar o parceiro monetariamente? E dessas quais é que querem viver com um homem com um status inferior ao delas?)
A estratégia sexual, na minha opinião, influencia provavelmente mais do que pensamos. Infelizmente não consegui encontrar literatura sobre isto a não ser livros e não estatística.

 

Outro ponto apontado por u/salazarcadositio oi a minha falta de objetividade quando digo que o wage gap é um mito e em que se me estou a referir às falas do "clássico 78 cêntimos do dólar" em que providencia este artigo do washington post.
Ou caso estivesse a dizer que o wage gap era mesmo um mito e não existia de forma nenhuma, em que mencionou o post do u/gattaca_now e que expande:
Sendo uma diferença entre dois valores estatísticos, o wage gap é real e existe. Podes é discordar acerca das razões pela qual ele existe e se são justas ou não, mas a diferença estatística existe, é factual.
A média salarial dos homens é mais elevada que a média salarial das mulheres. Este parece ser um problema comum a discussões de assuntos mais ou menos sérios. Não se define bem do que se está a falar à partida e depois tens pessoas a falar um para o outro mas de coisas diferentes. Já começas a ter muitos exemplos disso nos comentários.
Mas isto é uma discussão importante de se ter. Pelo que vejo do teu post acho que estás a dizer que a noção de wage gap não existe como a ideia de que "para o mesmo trabalho uma mulher recebe 78 cêntimos de dolar de um homem" o que eu concordo em grande parte. Mas aceitas que existem diferenças salariais e que estas advêm de questões culturais e biológicas.
A questão de combater o wage gap, quando abordada de forma séria e para lá do soundbite dos "78 centimos", é essa mesma, que para lá do soundbite dos "78 centimos". As questões culturais que fazem com que assim seja e se elas são legitimas ou se devem ser mudadas.
As horas de trabalho que falas, os tipos de carreiras que predominam mais num sexo do que no outro, e as responsabilidades familiares que as mulheres assumem. São essas as questões culturais que se devem discutir neste assunto.
Muitas vezes este assunto acabe em: "devem existir igualdade de oportunidades entre os sexos mas não igualdade de resultados". E que no panorama geral das sociedades ocidentais isso já se verifica. Eu concordo com a premissa mas discordo que já lá tenhamos chegado.
Alguns exemplos: * As mulheres ainda são quem a maioria do trabalho domestico num contexto familiar. Fonte.
  • Ainda existem fortes estereótipos e expectativas associadas com ambos os sexos que afunilam cada um para certos campos Fonte
  • As mulheres continuam a ser prejudicadas a longo prazo pelo facto de terem filhos Fonte
Todos estes fatores influenciam o tal wage gap que existe. Podemos discutir como sociedade se são fatores que devemos ou não mudar. Se são ou não coisas que se devem deixar á escolha pessoal de cada um com as consequências que isso trará para a sociedade. Essa é a verdadeira discussão a ter neste assunto.
Concordo!
Mas tudo isto não tem em conta a parte mais importante: as diferenças biológicas entre os sexos. Mais concretamente diferenças neurológicas, que são uma surpresa para muitos. Esta explica bem porque é que as mulheres preferem trabalhar com pessoas e os homens com coisas.
Isto está longe de ser aceite como facto. Se tiveres uma fonte gostaria de ler mas nunca vi nada que fosse capaz de ligar a biologia a esses efeitos sociais de forma conclusiva.
Tenho sim apesar de que provavelmente não deveria ter dito a primeira parte.
Com esta merda de querermos ser todos iguais estamos completamente a ignorar as nossas limitações biológicas e culturais e em muitos casos a danificar o progresso que tanto queremos fazer.
Concordo que a discussão precisa de ser melhor mas "esta merda de querermos todos ser iguais" continua no meu ponto de vista a ser um objetivo nobre e bom para a sociedade. As limitações culturais estão nas nossas mãos mudar e as biológicas não parecem ser de todo impedimento para que o façamos.
O “querermos ser todos iguais” é mais o queremos igualdade de resultado ou mais privilégios de forma egoísta.

 

O u/rui278 e outros também apontaram e bem para a questão biológica de Inato ou Adquirido E, isto é, algo que só saberemos em 2066 quando o estudo de Peter B. Neubauer for publicado. Mas por algumas fugas de registros censurados(=redacted) parece que a biologia afecta mais do que o ambiente. Esse psicólogo tem alguns trabalhos bastante interessantes sobre desenvolvimento btw. Entrei novamente numa tangente.
[...]Ou seja, o wage gap não é um problema in of itself, é uma consequencia dos vários problemas de base na nossa sociedade que puxam os homem e mulher para terem posições diferentes na sociedade. Em teoria deveria ser +/- equiprovavel encontrar homens e mulheres na mesma posição (o único fator relevante que diferencia entre homens e mulheres é mesmo as licenças de natalidade, mas lá está, também há uma pressão grande para serem os 6 meses gastos pela mulher, quando splits do tempo deveriam ser perfeitamente normais e também ajudariam a fazer com que isso fosse menos fator).
Eu muito antes disto tudo concordaria contigo na primeira parte (no final estamos de acordo), deveria ser natural encontrar homens e mulheres igualmente distribuídos mas se avaliarmos a nível de estratégia não faz muito sentido. Imagina que éramos todos hermafroditas ou seja podíamos escolher fecundar ou ter bebés; ok aqui era tudo definitivamente igual. Então o que teria mais peso neste cenário? A gestação. Iria requerer bastantes cuidados da pessoa que decidisse dar à luz. Portanto interessa-me várias coisas:
  • evitar situações de risco ao máximo
  • ter um parceiro que me pudesse suportar
  • ter um maior controlo sobre o meu futuro
  • e não ter compromissos
Estas são as regras para ter uma estratégia bem-sucedida quantas menos tiver mais precária se torna a minha posição. Agora isto também depende bastante do parceiro que escolher se ele não se comprometer fico na merda e pior do que estava porque agora tenho um parasita dentro de mim. E na vida real vemos isto todos os dias, as mulheres decidem com quem ter sexo (ou não) e os homens decidem com quem se comprometer. As nossas diferenças biológicas (PELO MENOS SEXUAIS) influenciam as nossas decisões e comportamentos. Claro que isto é oversimplified mas acho que dá para dar uma imagem de porque é que acho que esse é o caso.

 

Quanto ao [comentário]() da u/grilledpotato90 :
Antes de mais, peço desculpa pela formatação, pois estou a escrever no telemóvel. Segundo esta estatística da OCDE (https://stats.oecd.org/index.aspx?queryid=54757) as mulheres portuguesas, no total, trabalham mais 90 minutos por dia que os homens. O que é que isto tem haver com a Gender Gap? Bem, se analisarmos o total de minutos por dia de unpaid labour, conseguimos observar uma discrepância enorme entre géneros (M 96.3 min/dia e F 328.2 min/dia). Eu acho que é aqui que está a origem e a justificação do Gender Gap. Os homens e as mulheres não dividem por igual (50/50) as tarefas domésticas.
Sim! Concordo, vês que as mulheres passam bastante mais tempo em trabalhos não remunerados (232 minutos ou 3 horas e 52 minutos a mais do que os homens ou 5:28 no total (estamos atrás do méxico em n1 e da índia em n2)) do que os homens (que gastam no total 1h:36m) e que os homens passam 141 minutos (2 horas e 21 minutos) a mais do que as mulheres em trabalhos remunerados. E está presente em TODOS os países nessa fonte. O que sugere que poderá ser mais do que um aspecto cultural.
Mas também vejo discrepâncias especialmente na Suécia, na Dinamarca, na Noruega e na Holanda os Homens trabalhem tanto mais em trabalho pago que acabam no total por trabalhar muito mais tempo que as mulheres, estamos a falar de países bastante balançados a nível de sexo. O que é estranho. Será que os homens estão a compensar por algo? Outra coisa, nós também não conseguimos dizer o que tem mais peso no trabalho não remunerado:
Time spent in unpaid work includes routine housework, shopping, care for household members, child care, adult care, care for non-household members, volunteering, travel related to household activities, and other unpaid activities. Sem querer atirar areia à cara porque é absolutamente garantido que as crianças gastam bastante desse tempo, mas quanto?
Isto é um fenómeno cultural que não está certo.
Não está certo porquê? Queremos obrigar as mães grávidas a fazer a mesmas atividades de não grávida para compensar minutos gastos em trabalho não remunerado? É que 9 meses (na verdade 10 porque são 39.1 semanas) é bastante tempo mesmo excluindo os meses iniciais. Quanto desse tempo está incluido nos minutos da OCDE? Não sabemos.
Certamente que não vamos fazer como aos cavalos marinhos e passar os fetos para o pai acabar a gestação. E depois de nascidos quantas mães é que querem que o bebé passe a maioria do tempo com o pai? Isso é justo para a mãe? Neste ponto também me questiono; é justo para os pai trabalhar mais horas laborais do que a mãe?
Antes da entrada da mulher no mercado de trabalho entendia-se, mas hoje em dia, em que as mulheres trabalham as mesmas horas que os homens nos seus empregos é inadmissível!
Os homens trabalham mais. Em todos os países da fonte. E então qual é o problema se as mulheres trabalharem menos horas no emprego? E aqui acho que está outro ponto importante da discussão. O que é que é justo? Certamente que todos concordamos que tanto as mulheres como os homens têm os mesmos direitos. Mas com direitos vêm responsabilidades, e, a meu ver algumas mulheres, partidos políticos e o movimento “feminista de 3.ª onda” têm usado o wage gap como arma de arremesso para dar mais direitos às mulheres com muito menos responsabilidades, ATENÇÃO que não estou a dizer que todas as mulheres subscrevem a esta ideologia muito menos que as mulheres não têm já responsabilidades e dificuldades suficientes estou a dizer que é tudo muito bonito dito mas são basicamente argumentos de casas de cartas. [E este é um ponto que é difícil de expressar e que pode ser mal compreendido.]
"Porque é que as empresas não contratam mais mulheres, já que lhes pagam menos?" pela mesma razão a que continuam a preferir contratar homens a mulheres.
Mas onde está a prova de tal? Não digo que não possa ser verdade O/A u/TomTomKenobi apontou para uma boa thread no wiki do economy e que também fala disso, faz o ponto de que “cannot assume economic outcomes from a deductive approach alone” algo que fui um pouco culpado de fazer no post anterior.
As mulheres engravidam, os filhos estão doentes e elas depois faltam, etc.
O pai também tem direitos paternais nada obriga a mãe a ser ela exclusivamente a tratar dos putos. E se queremos ser justos neste ponto vamos fazer com que os divórcios dêm a guarda ao pai por defeito em vez de à mãe. Uma grande parte desse problema desvanecia. Se os filhos são um problema tão grande e se como sociedade queremos ser tão igualitários porque é que as mães ficam sempre com a guarda dos filhos? Também não acho justo. Porque é que os Telejornais falam tanto de “wage gap” mas não de guarda paternal ou partilhada? Saí numa tangente mas achei que era pertinente levantar este ponto.
O Gender Gap é real porque devido à fisionomia da mulher e ao seu papel social, esta é sempre vista como uma "liability" para a empresa.
Woah calma lá, o Gender gap é real porque a fisionomia da mulher é X é fazer uma grande ligação. Não digo que não possa ser verdade mas a nível de afirmação é um grande salto.
Até têm menos acessos a promoções devido a esta expetativa social.
Isto não é verdade. Os homens são os que mais trabalham para e pedem promoções, e uma coisa que muitas pessoas acham é que uma promoção é equivalente a ganhar mais dinheiro, uma promoção envolve muitas mais responsabilidades mais horas de trabalho e mais stress coisa que as mulheres não estão para aturar. Menos ainda se ainda não tiveram filhos. O que se pensarmos faz sentido. Se eu não tenho um filho ou família e se o meu corpo vai se degradar ao ponto que já não me é possível ter um no futuro não vou dar um “LEROY JENKINS” no meu emprego e perder a oportunidade de ter descendentes.
E antes que venham com “ah e tal mas as mulheres ganham menos em promoções” segundo o “bureau of economic research” americano apesar de haver uma diferença de 2,2% em promoções que já levava em conta as mulheres escolherem mais trabalhos como assistentes e trabalho administrativo que raramente tem oportunidades de promoção e os homens escolhiam mais trabalhos em áreas em que era possível a promoção, importa notar também que este estudo é de 1995
Uma das fontes de onde tirei o seguinte é bastante tendenciosa e não apresenta os dados em avulso mas chega a pontos pertinentes que convenientemente decidem não endereçar. Algo que também importa notar é que isto é um questionário e é americano. Usei para não dizerem que eu pesquiso por aquilo que me é favorável. Eu encontro discrepâncias e analiso.
Fewer women than men are aiming for the very top. Among senior managers, 60% of women said they want to be a top executive, compared to 72% of men. Women were also more likely to cite stress and pressure as one of the biggest reasons for not wanting to hold top positions.
Contrary to popular belief, women are not leaving their organizations at higher rates than men. In fact, women in leadership are more likely to stay with their companies than men. At the senior vice president level, women are 20% less likely to leave. Women in the C-suite are about half as likely to leave their organizations as men.
Women often start out in line roles (defined as positions with profit-and-loss responsibility and/or focused on core operations), but by the VP level more than half of women hold staff roles (positions in functions that support the organization like legal and IT). Men, on the other hand, are more likely to hold line roles at every level of an organization. This difference poses a potential problem because line roles frequently feed into senior leadership.
There's a common misconception that women who start families are subsequently less ambitious in their careers. But mothers in the survey were 15% more interested in being a top executive than women without children.
Very few people participate in flexibility and career-development programs offered by their organizations. More than 90% of women and men believe taking extended family leave will hurt their position at work.
Se os homens dedicarem o mesmo tempo no trabalho doméstico que as mulheres, deixa de haver este problema!
Eu diria que continuaria a existir, já vimos que há muito mais variáveis a este problema, mas concordo que tornava o trabalho das mães muito mais fácil.
Mas agora não venham para aqui dizer que o Gender Gap é mentira quando em todas as entrevistas de emprego me perguntam quais são os meus planos em relação a casar e a ter filhos!
Aqui acho errado e não sei se não poderás reportar isto a alguém. É completamente desnecessário e ninguém tem um caralho a ver com isso a não seres tu.
O/A u/crouchingvenus escreveu:
[...] os que já são pais focam se em melhorar o estilo de vida da família o que implica focarem-se mais no trabalho.
Não achas que isto é um problema? Porque é que são as mulheres incentivadas a dedicar mais tempo à família e os homens ao trabalho?
Não, não acho. Porque ninguém as está a forçar a isso. Se estivessem a ser forçadas sim achava bastante errado. E ninguém é forçosamente incentivado a fazer nada. Exceto as mulheres a seguirem carreiras STEM (ciência(Science), Tecnologia, Engenharia e Matemática) Não achas que isto é um problema? Especialmente quando o quão mais igualitária é uma sociedade menos as mulheres escolhem estas áreas.
Todo o teu raciocínio só reforça preconceitos de género e valores sociais bafientos. Entra em 2019 please.
Por favor elucida-me como. Eu diria mesmo o oposto, se tivermos dados e entendermos os problemas que enfrentamos e os tentarmos resolver é benéfico para todos não achas?

 

O u/DogsOnWeed também mencionou que os homens terem direito de licença de paternidade também ajudaria a corrigir desigualdades estatisticas.

 

Reflexões

O que conseguimos dar como certo:
  • Ninguém aqui quer que as mulheres sejam discriminadas
  • Queremos igualdades de oportunidade
  • O 77 cents on the dollar vem do Current Population Survey de 2009 do Bureau of Labour Statistics US
  • As mulheres trabalham mais em trabalhos temporários (Várias fontes)
  • Os homens trabalham mais horas extra (Várias Fontes)
  • As mulheres tendem a ocupar trabalhos que pagam menos (Várias fontes)
  • As mulheres tendem a escolher trabalhos que não facilitam a promoção
  • As mulheres ganham mais em trabalhos temporários (entre 1 a 34h) por semana do que homens (Bureau of Labour Statistics US)
  • 25% das mulheres e 12% dos homens trabalham em trabalhos temporários (Bureau of Labour Statistics US)
  • 11% das mulheres e 22% dos homens trabalham mais de 41 horas (Bureau of Labour Statistics US)
  • As mulheres que nunca casaram recebem EM MEDIA 5% menos do que os homens (Bureau of Labour Statistics US)
  • As pessoas que trabalham horas extraordinárias recebem cerca de 5 vezes mais do que as que trabalham em part time.(Bureau of Labour Statistics US)
Algo que descobri a investigar para escrever este post foi que segundo dois papéis da Claudia Goldin (este e este) que me foram referidos por esta peça da Vox
É que o wage gap pode ser explicado pelos custos de ter um filho e as curvas nos gráficos do papel e do vídeo parecem ter uma correlação com o aumento da idade média em que as mulheres têm o primeiro filho (Indicato>Dropdown />Mean age of women at childbirth) e que encaixa bem quando vemos que as mulheres mais ricas do mundo têm mais de 55 anos.

 

Enquanto os comentários anteriores dedicaram lógica, dados e contra argumentação outros simplesmente atiraram este papel do World Economic Forum várias vezes com “oh mas este desprova tudo isso” acho que se lerem apenas a introdução entendem logo porque é que não lhe dei o tempo do dia. E não é um estudo é mais é uma aglomeração de valores que esperam que a distribuição de homens e mulheres seja 50:50 em tudo (excepto em taxas de mortalidade por exemplo) algo que outros users foram rápidos a comentar.
Acho também um bocado triste haver comentários com discussão pertinente serem downvoted porque têm uma visão diferente e foi óbvio pela altura em que os downvotes apareceram que foi uma birra de “isto está contra o que eu acredito” “pumba, downvotes para todos”. Não façam isso, downvotes não mudam opiniões.
   
Fontes:
https://www.theguardian.com/world/2018/jul/23/women-lying-earning-more-than-husbands-us-census
https://www.nytimes.com/2018/07/17/upshot/when-wives-earn-more-than-husbands-neither-like-to-admit-it.html
https://www.vox.com/2018/2/19/17018380/gender-wage-gap-childcare-penalty
https://www.payscale.com/gender-lifetime-earnings-gap
https://www.youtube.com/watch?v=13XU4fMlN3w
https://iwpr.org/wp-content/uploads/wpallimport/files/iwpr-export/publications/C350.pdf
https://web.archive.org/web/20101126032209/https://www.bls.gov/cps/cpswom2009.pdf
https://web.archive.org/web/20181130100719/https://arxiv.org/pdf/1703.04184.pdf
http://siteresources.worldbank.org/INTPAH/Resources/Publications/459843-1195594469249/HealthEquityCh12.pdf
http://cep.lse.ac.uk/pubs/download/dp1156.pdf
https://scholar.harvard.edu/files/goldin/files/goldin_aeapress_2014_1.pdf
http://scholar.harvard.edu/files/goldin/files/dynamics_of_the_gender_gap_for_young_professionals_in_the_financial_and_corporate_sectors.pdf
 
Outros comentários interessantes u/TomTomKenobi com este, u/harlequin90 com este e u/agaeme com [este]() em que menciona este video que não consegui ver porque não tenho netflix
Edit: Formatação (raio do reddit e o novo markdown) e ortografia
Edit2: Adicionei TL;DR
submitted by mrBatata to portugal [link] [comments]


2018.07.28 17:26 Xtrasize123 TRATAMENTO PARA DISFUNÇÃO ERÉTIL – REMÉDIO MELHOR QUE VIAGRA

TRATAMENTO PARA DISFUNÇÃO ERÉTIL – REMÉDIO MELHOR QUE VIAGRA

tratamento para disfunção erétil (ED) evoluiu muito desde os tempos tradicionais. Anteriormente, acreditava-se que esse problema era causado apenas por fatores psicológicos, mas agora sabemos melhor, então temos os tratamentos. Os medicamentos são agora considerados a aposta mais segura para o tratamento para disfunção erétil. Você também pode ir para exercícios aeróbicos como um meio econômico para tratar seus problemas de ereção. Algumas pessoas também tentaram bombas de vácuo para obter ereções mais fortes e mais duras. Mas, a partir de agora, o tratamento da impotência é dominado em grande parte por remédios controlados, como Cialis, Viagra e Levitra. Destes 3 medicamentos para DE, o Cialis tadalafila provou ser muito eficaz com as suas duas opções de dosagem.
Dosagem única Cialis
Cialis dá-lhe 2 opções para escolher – Cialis e Cialis de 36 horas para uso diário, também conhecido como Cialis por dia. A primeira dose lhe dá tempo para fazer sexo quando você e seu parceiro sentem que é o momento certo. A outra opção de dosagem, Cialis por dia, é mais adequada depois de se estabelecer na sua vida sexual. Disponível em doses menores, Cialis uma vez por dia é para o homem que está olhando para obter ereções mais duras em uma base regular.
Cialis de 36 horas vem em doses de 10mg e 20mg. Cialis para uso diário está disponível em força de 2,5mg e 5mg.

REMÉDIO MELHOR QUE VIAGRA

O que funciona para você pode não funcionar para outro homem. Então você deve saber o que você quer. Mas quando se trata de sexo, pode ser um pouco complicado planejar tudo. Metade da diversão desaparecerá se você e seu parceiro começarem a consertar os horários para fazer sexo. Cialis para uso diário permite que você mantenha o elemento surpresa vivo. Você pode apenas iniciar atividades sexuais sempre que desejar.
O Viagra Xtrasize de 36 horas é um comprimido conforme necessário. Você não precisa apressar o sexo por temer que o efeito do remédio vá embora. Tome seu tempo, relaxe e divirta-se.
Um comprimido de 36 horas do Viagra Xtrasize leva cerca de 30 a 60 minutos para funcionar. Portanto, leve pelo menos uma hora antes de desejar fazer sexo. Não tome mais de um comprimido por dia. Se por engano você tomar dois comprimidos por dia, ligue para o seu médico imediatamente.
submitted by Xtrasize123 to u/Xtrasize123 [link] [comments]


2017.07.24 15:54 rubensheik Eu comecei a jogar Black Desert Online SA, e achei incrível!

Primeiramente quero pedir desculpas aos participantes do Jogatina Game Club porque neste final de semana só deu Black Desert Online.
Aviso:
Estes relatos vem de um jogador que nunca jogou um MMORPG deste estilo por muito tempo (exceto Ragnarok Online), então tudo o que me pareceu surpreendente, pode não ser novidade ou até clichê para você!
Aquisição
Primeiro solicitei um teste grátis de 7 dias, comecei o download (~38GB) de sábado para domingo, quando terminou, ainda não tinha recebido o passe gratuito, então resolvi comprar a versão mais barata (R$ 37,00 com a taxa Boa Compra) pela própria RedFox.
Configurações Gráficas
Na minha build (i7 3770, 8GB RAM, GTX 980TI), estou rodando com tudo no ultra. O FPS caiu para menos de 30 quando cheguei em algumas cidades grandes devido a quantidade de players.
Lutando contra monstros e farmando, não notei queda de quadros acentuada (mesmo quando usei super habilidades contra muitos monstros).
Aspectos Técnicos
Interface, legendas e conteúdo traduzido para o Português-BR, vozes em inglês.
O Servidor SA (South America) não está decepcionando, o ping está bem baixo e fixo.
Pode ser jogado em 1º ou 3º pessoa.
BD possui uma função muito interessante, caso o jogador queira minimizar o jogo, ele manterá conectado numa função de baixo consumo de recursos computacionais, com um ícone na barra de tarefas, e para retornar, basta clicar lá novamente.
Criando o Personagem
Detalhes, é a palavra que resume a criação do seu personagem, além das escolhas padrões (classe e sexo), a personalização é incrível, cabeça, corpo, pernas, ombros, pescoço, roupas e até o SIGNO você pode personalizar, item por item, tudo é modificável. É possível adicionar maquiagem e tatuagens também. Além do nome, ainda é preciso definir o nome da família, ainda não sei onde isto se aplica.
Consegui fazer um personagem semelhante comigo ou pelo menos como gostaria de ser.
Primeiras Impressões
Uma cinematic bem curta (que usa os gráficos do jogo) é apresentada logo no início, que não explica muito sobre a história, apenas mostrando como você foi parar onde está.
Você precisa escolher o nível de ajuda que o jogo te dará, eu escolhi a mais assistida possível. Uma entidade demoníaca é a orientadora, ela apresenta, indica e recompensa pelas missões principais completadas. A medida que você vai avançando na história, a entidade vai ganhando força e evoluindo, no começa é apenas uma bola preta com 2 olhos, agora está parecendo um Haunter endemonhado, estou começando a suspeitar que logo logo terei que enfrentá-lo ou escolher o lado negro da força.
A progressão está sendo rápida (ou não? sei lá), comecei a jogar as 11H e parei as 01:15 (da manhã), fui dormir no lv 36 com apenas uma pausa para o almoço e outra para GoT.
Progressão
Minha vida útil em games deste "nipe" nunca foi superior a 2H (1H pra criar o personagem e 1H para abusar a jogatina), mas em Black Desert Online foi diferente, nunca pensei que matar monstros seria tão divertido, tentei jogar Tera, WoW, mas sempre achava monótono a progressão, porém em BD foi diferente, os efeitos especiais, os gráficos, as interações, tudo é muito viciante!
Para minha classe (o bruxo) até agora foi fácil derrotar ondas de monstros, não morri nenhuma vez e enfrentei chefes sozinho.
Outro fator muito positivo que achei é que para enfrentar o boss/mini-boss de uma facção, você não precisa esperar pelo respawn dele e rezar para que ninguém mais esteja por perto, pelo menos estes primeiros derrotei, todos foram invocados através de um pergaminho que se ganha após finalizar uma missão.
O Bruxo
Sustain, muito sustain, o bruxo é muito roubado, pelo menos para farmar, com magias elementais (lindas diga-se de passagem) que destroem tudo e todos, ele tem esquiva, teleporte, cura em área, escudo etc e Apesar dele gastar muita mana, ele tem uma skill que rouba e eletrocuta os adversários!
Estou ansioso para chegar no level máximo e entrar no PvP!
Ambientação
Me senti em The Witcher 3, as cidades, as variações climáticas, até as músicas me lembraram o bruxador, e não foi apenas eu, muitos jogadores fizeram personagens igual o Geralt de Rivia!
A complexidade do ambiente é coisa de louco, se você apertar M, verá o mapa mundi, onde está de dia e onde está de noite, se está chovendo ou não, qual a temperatura e o estado do terreno (de alguma forma isso afeta a movimentação e jogabilidade).
Quando o site diz: paisagens paradisíacas, ele não estava brincando, florestas, colinas, construções, praias, pântanos, cavernas, castelos, tudo muito lindo e detalhado, a água que cai na chuva, molha o chão e reflete com a luz do sol.
Movimentação e Jogabilidade
Achei fascinante a movimentação, não se limita apenas ao pulo simples, você pode escalar em estruturas, montanhas, saltar cercas, muros. No combate, o bruxo possui esquivas rápidas para todos os lados, teleporte e uma skill que pode ser usada a cada 4 minutos que é um botão de emergência, caso você esteja morrendo, se não me engano é o X, você vira um espírito e ganha velocidade de movimento para poder escapar.
Culturas e Atividades Secundárias
BD é muito rico em atividades secundárias, algumas delas são:
Não posso explicar o funcionamento de cada uma delas, porque ainda não tive tempo para estudá-las. Percebi que todas elas possuem certa relevância, em várias cidades que passei, vi muitos jogadores desempenhando-as.
TL;DR
O jogo é fascinante, com gráficos que lembram The Witcher 3, jogabilidade fluída, lotado de atividades secundárias relevantes.
O passe de 7 dias finalmente chegou, como já comprei o jogo não me serve mais, caso alguém esteja interessado em testar BD, só manda um PM.
submitted by rubensheik to jogatina [link] [comments]


2017.07.04 20:21 feedreddit Cibersegurança para todos: como proteger a privacidade de suas conversas com o Signal

Cibersegurança para todos: como proteger a privacidade de suas conversas com o Signal
by Micah Lee via The Intercept
URL: http://ift.tt/2tNJqLd
Video de Lauren Feeney
O conteúdo das suas conversas – sejam elas pessoais, profissionais ou políticas – pode ser alvo da espionagem de um governo local ou estrangeiro. Além disso, o envio de uma senha ou número de cartão de crédito pelo celular também pode ser interceptado por um criminoso. Ou então você pode querer se candidatar a um emprego sem o conhecimento do seu chefe atual; discutir um assunto delicado com um advogado; conversar com amigos sobre a ida a uma manifestação, um aborto ou a compra de uma arma; enviar fotos íntimas ao seu parceiro(a) sem que ninguém as veja; ou querer manter segredo sobre um novo relacionamento no trabalho. Esses são apenas alguns exemplos de como a privacidade pode ser importante.
Felizmente, a privacidade é um direito fundamental do ser humano.
Infelizmente, a maioria das ferramentas utilizadas para se comunicar via celular – ligações, mensagens de texto, e-mails, Facebook, Skype, Hangouts etc. – não são tão privadas como poderíamos pensar. Sua operadora de telefonia, seu provedor de internet e as empresas que criam os aplicativos que você usa para se comunicar podem interceptar o que você diz ou escreve. Seus bate-papos podem ser acessados pela polícia e por agências de espionagem como a NSA. Eles também podem ser vistos por _qualquer um_que pegar e vasculhar o seu telefone. Algumas mensagens podem ser lidas mesmo com o celular bloqueado, na tela de notificações.
Mas é possível garantir a privacidade das suas conversas. O primeiro passo é instalar um aplicativo chamado Signal – e seus contatos devem fazer o mesmo. Então é só configurar o programa para bloquear as ameaças.
O Signal é fácil de usar, funciona tanto no iOS – o sistema operacional dos celulares da Apple – quanto no Android – do Google – e criptografa suas mensagens de forma que apenas você e seu interlocutor possam decifrá-las. Além disso, ele é um software de código aberto, então qualquer especialista pode verificar se o programa é realmente seguro. O Signal pode ser baixado na Play Store do Android e App Store do iPhone.
Embora o Signal seja um software muito bem feito, você precisa fazer alguns ajustes para maximizar a segurança de suas conversas. Já escrevi sobre algumas dessas configurações no ano passado, mas o programa mudou muito desde então, e talvez você não conheça algumas de suas funcionalidades mais úteis.
Vou falar sobre elas em detalhes mais abaixo – e no vídeo acima, criado por Lauren Feeney.
Para ir diretamente a um item específico, clique no link correspondente abaixo:

Recomende o Signal a seus amigos

Você só pode enviar mensagens criptografadas e fazer ligações protegidas para outros usuários do Signal. Não adianta instalar o programa e continuar usando torpedos não criptografados para se comunicar. Faça com que seus amigos também instalem o aplicativo.
Se você é um ativista, recomende o Signal aos participantes da próxima reunião ou manifestação; se é jornalista, fale com suas fontes e editores; se está se candidatando a algum cargo político, use o Signal para se comunicar com sua equipe de campanha.

Bloqueie seu telefone

O Signal usa uma rigorosa criptografia de ponta-a-ponta, que, quando verificada, impede que o conteúdo das mensagens seja decifrado por um intermediário, como os criadores do Signal, operadoras de telefonia, provedores de internet – ou pela NSA e outras agências de espionagem que coletam dados em massa na internet.
Mas a criptografia do Signal não pode impedir que alguém pegue o seu telefone e abra o aplicativo para ler suas mensagens. Para isso, é preciso bloquear o acesso ao telefone com uma senha ou outra forma de autenticação. Você também deve habilitar a criptografia de dados do aparelho e atualizar o sistema operacional e aplicativos com frequência, pois isso dificulta consideravelmente a ação dos hackers.
No Android:
No iPhone:

Oculte as mensagens do Signal na tela de bloqueio

A criptografia do Signal será de pouca serventia se outras pessoas puderem ver as mensagens que você recebe na tela bloqueada do seu celular. Se o seu telefone costuma estar ao alcance de pessoas que não deveriam ler suas mensagens – colegas de quarto, colegas de trabalho e seguranças de aeroporto, por exemplo – desative a pré-visualização de mensagens do Signal na tela de bloqueio do telefone.
À esquerda, notificação do Signal em um iPhone bloqueado. À direita, notificação do Signal em um Android bloqueado.
Siga estes passos para desativar as notificações do Signal:
No Android:
No iPhone:
À esquerda: notificações do Signal oculta em um iPhone bloqueado. À direita: notificação do Signal oculta em um Android bloqueado.

Não guarde suas mensagens para sempre

Quando uma mensagem criptografada é enviada pelo Signal, apenas dois dispositivos guardam cópias do texto trocado: o seu celular e o do destinatário. Diferentemente de outros aplicativos de troca de mensagens, o servidor do Signal nunca tem acesso às mensagens, e os conteúdos criptografados permanecem online por muito pouco tempo. Isso significa que, quando você apaga uma mensagem do seu telefone – e o destinatário faz o mesmo – esse conteúdo deixa de existir. É uma boa ideia apagar seu histórico de mensagens frequentemente, principalmente quando se trata de conversas confidenciais. Dessa forma, se o seu telefone for vasculhado, as conversas de um ano atrás de que você nem se lembrava – e aquela conversa confidencial da semana passada – não serão encontradas.
O Signal permite programar a exclusão de mensagens depois de um certo tempo (entre cinco segundos e uma semana), tanto do telefone do remetente quanto do destinatário. Essa função se chama “Mensagens efêmeras”. Porém, nada impede que o seu interlocutor grave as mensagens antes que elas sejam excluídas – por meio de captura de tela, por exemplo.
Se você costuma mandar mensagens confidenciais para amigos ou grupos do Signal (vou falar sobre grupos mais adiante), recomendo ajustar a exclusão programada das mensagens para uma semana depois de lidas. Você também pode ativar as “mensagens efêmeras” para um contato e logo depois desativá-las, o que pode ser útil para o envio de uma senha, por exemplo.
No Android:
No iPhone:
Neste exemplo, as mensagens desaparecerão depois de cinco minutos.
Você também pode apagar manualmente mensagens individuais – ou mesmo conversas inteiras – do seu telefone. Mas você não pode, é claro, apagá-las do telefone do destinatário; isso só é possível com a opção “Mensagens efêmeras”.
No Android:
No iPhone:

Como enviar e receber fotos e vídeos privados

O Signal facilita o envio de fotos e vídeos criptografados – inclusive _gifs_animados. Quando estiver conversando com alguém, basta dar um toque no clipe de papel para abrir sua coleção de fotos ou acessar diretamente a câmera do celular.
O Signal também tem outro dispositivo de segurança: as fotos e vídeos gravados a partir do próprio aplicativo não são salvos automaticamente na memória do telefone. Da mesma forma, as fotos e vídeos que você receber também não serão gravados automaticamente. Se você quiser adicionar uma foto à coleção do celular, basta dar um toque longo na foto e salvá-la.
Por que isso é importante? Muitas pessoas sincronizam automaticamente fotos e vídeos com serviços de armazenamento em nuvem como iCloud, Google e outros. Elas também costumam permitir que aplicativos como Facebook e Instagram tenham acesso à galeria de imagens do telefone. Por mais cômodo que seja, isso significa que o provedor do serviço de armazenamento em nuvem também terá acesso às suas imagens, podendo entregar os dados a terceiros, como uma agência governamental. Da mesma forma, suas imagens podem ser acessadas por hackers, como em 2014, quando fotos de celebridades nuas foram publicadas na internet depois de um ataque a suas contas no iCloud.
Portanto, se você fotografar um documento confidencial para um jornalista – ou tirar uma _selfie_sensual para o(a) namorado(a) –, envie as fotos diretamente pelo Signal, que é capaz de criptografar uma imagem da mesma forma que uma mensagem de texto.

Como criar grupos de discussão seguros

Para mim, uma das funcionalidades mais úteis do Signal é a possibilidade de criptografar uma conversa em grupo. Qualquer pessoa pode criar um grupo no Signal e adicionar quantas pessoas quiser; as mensagens de todos os membros serão criptografadas. Assim como nas conversas individuais, você pode habilitar a exclusão programada de mensagens, fotos e vídeos. Veja alguns exemplos de situações em que os grupos do Signal podem ser úteis:
Veja como usar os grupos do Signal:
No Android:
No iPhone:
Os grupos do Signal são úteis, mas não são perfeitos. Os problemas podem ser resolvidos em versões futuras, mas, por enquanto, são os seguintes:

Como fazer chamadas de voz e vídeo seguras

Além de permitir o envio de mensagens de forma segura, o Signal também pode ser usado para fazer ligações criptografadas de voz e vídeo. Basta selecionar o ícone de telefone para ligar para um contato. Trata-se de uma ligação telefônica normal, mas com a segurança da criptografia de ponta-a-ponta. Para iniciar uma chamada de vídeo, toque no ícone de câmera durante a ligação para ativar a câmera – simples assim.
Durante uma chamada de voz ou vídeo, seu interlocutor pode ver o seu endereço IP, o que pode ser utilizado para determinar a sua localização. Na maioria das vezes isso não importa, mas às vezes pode ser um problema – se você não quiser revelar de que país está ligando, por exemplo. Nesses casos, é possível redirecionar a ligação através dos servidores do Signal, fazendo com que o único IP visível no outro lado da linha seja o do próprio Signal. Essa função diminui ligeiramente a velocidade da conexão, o que pode reduzir a qualidade da ligação. Veja como habilitá-la:
No Android:
No iPhone:

Como enviar mensagens sem adicionar o destinatário aos contatos

A maioria das pessoas sincroniza seus contatos com o iCloud, Google, a empresa em que trabalham ou outros serviços de nuvem. Isso é muito conveniente; se você perder o telefone e comprar um novo, poderá recuperar seus contatos. Porém, isso quer dizer que sua lista de contatos pode ser acessada pelos provedores do serviço de sincronização, que, por sua vez, podem fornecer os dados para a polícia ou agências governamentais.
Você pode querer conversar com certos contatos de maneira segura, mas sem adicioná-los à sua lista de contatos. Por exemplo, se você quiser vazar uma informação para um jornalista sem ser investigado por isso, é melhor não salvar o número do repórter na nuvem.
O Signal permite que você converse com pessoas que não estão na sua lista de contatos. Para fazer isso, abra o aplicativo, selecione o ícone de caneta para iniciar a conversa e digite o número de telefone no campo de busca. Se a pessoa em questão for usuária do Signal, você poderá trocar mensagens criptografadas com ela sem ter que adicioná-la aos seus contatos.

Use números de segurança para se proteger de ataques

Esta seção pode parecer um pouco confusa – o funcionamento da criptografia é uma coisa meio complicada mesmo. Mas o mais importante aqui é aprender como verificar os números de segurança.
Mais acima, eu disse que o Signal garante a privacidade das suas conversas quando devidamente verificado. Para usar o Signal corretamente, é preciso verificar se suas comunicações não estão sendo interceptadas em um ataque man-in-the-middle.
Um ataque man-in-the-middle(“homem no meio”, em tradução literal) acontece quando duas pessoas – Alice e Bob, por exemplo – pensam que estão conversando diretamente uma com a outra, mas, em vez disso, tanto Alice quanto Bob estão conversando com um intermediário, que intercepta tudo o que está sendo dito. Para proteger totalmente as suas conversas, é preciso verificar se a troca de informação criptografada está sendo feita diretamente com seus contatos, e não com algum impostor.
Você tem um “número de segurança” em comum com cada contato do Signal. Por exemplo, Alice tem um número de segurança em comum com Bob e outro com Charlie. Quando Alice liga para Bob, se o número de segurança que aparecer no celular de ambos for igual, isso significa que a conexão é segura. Porém, se os números forem diferentes, tem alguma coisa errada; talvez Alice ou Bob estejam vendo o número de segurança que têm em comum com o interceptador, o que explicaria a discrepância.
É improvável que alguém tente atacar a sua conexão _na primeira vez_que você entrar em contato com um amigo. Por isso, o Signal considera como seguro o primeiro número de segurança atribuído para cada contato. Mas, se o conteúdo da conversa for confidencial, é melhor confirmar assim mesmo.
Para verificar a integridade da criptografia, acesse a tela de verificação da seguinte forma:
À esquerda: tela de verificação do número de segurança no iPhone. À direita: tela de verificação do número de segurança no Android.
Existem algumas maneiras de verificar com um amigo se seus números de segurança são iguais. A mais fácil é presencialmente, juntos no mesmo lugar, mas também é possível fazê-lo à distância.
Como verificar um contato presencialmente
Se você puder se encontrar com seu contato, basta escanear o código QR (um código de barras quadrado) dele. No Android, toque no círculo com o código para escanear; no iPhone, selecione o ícone “Escanear código”. Aponte a câmera para o código QR de seu amigo: se o processo for completado normalmente, isso significa que a criptografia é segura.
Como verificar um contato à distância
Se vocês não puderem se encontrar pessoalmente, é possível verificar os números de segurança à distância, embora o processo seja um pouco trabalhoso.
Você e seu contato devem enviar o número de segurança por meio de um canal externo – ou seja, por fora do Signal. Envie uma mensagem no Facebook, Twitter, um e-mail ou faça uma ligação telefônica – ou então use outro aplicativo de mensagens criptografadas, como WhatsApp ou iMessage. Se estiver realmente preocupado com uma possível interceptação, recomendo fazer uma ligação; se você conhece a voz do seu contato, é muito difícil alguém se fazer passar por ele.
Quando seu contato receber seu número de segurança, ele deverá acessar a tela de verificação e comparar – algarismo por algarismo – o que você enviou com o que ele está vendo. Se os números forem idênticos, a conexão é segura.
Tanto no Android quanto no iPhone, você pode tocar no botão de compartilhamento na tela de verificação para enviar o número de segurança via outros aplicativos ou copiá-lo para a área de transferência do telefone.
Verifique novamente contatos que trocarem de telefone
De vez em quando, você pode ver a seguinte mensagem no Signal: “Número de segurança modificado. Toque para verificar.” Isso pode signifcar uma das duas seguintes possibilidades:
  1. Seu contato instalou novamente o Signal, provavelmente por ter comprado um novo telefone.
  2. Alguém está tentando interceptar suas conversas.
A segunda alternativa é menos provável, mas a única maneira de ter certeza é verificar novamente o número de segurança com o seu contato.

Como usar o Signal no seu computador

Embora seja necessário instalar o Signal no celular para começar, também é possível instalar o aplicativo no seu computador. O programa não tem todas as funcionalidades da versão para celular – ainda não é possível fazer chamadas ou modificar grupos –, mas pode facilitar muito a vida de quem usa o Signal. Principalmente se, assim como eu, você passa o dia inteiro na frente do computador e precisa do Signal para trabalhar.
Trata-se de uma extensão para o navegador Chrome. Ou seja, primeiro é preciso instalar o Chrome no seu computador. Só então você pode baixar o Signal na Chrome Web Store. Ao executar o programa pela primeira vez, siga as instruções na tela para conectá-lo ao Signal do seu smartphone.
No entanto, instalar o Signal no seu computador proporciona mais uma possibilidade de ataque e interceptação de dados. Quando você usa o Signal apenas no telefone, se alguém quiser ler suas conversas, ele terá que hackear o seu celular. Mas se você também usa o aplicativo no computador, um hacker pode atacar _tanto o seu telefone quanto o seu computador_– o que for mais fácil. Por causa das diferenças na arquitetura dos sistemas operacionais de celulares e computadores, o mais provável é que o seu computador seja o alvo mais fácil.
Além disso, seus dados do Signal são armazenados de forma mais segura no telefone. No Android e no iOS, suas mensagens – e chave criptográfica – são armazenadas pelo próprio Signal, e outros aplicativos não têm acesso a elas. Já no Windows, MacOS e Linux, esses dados são guardados em uma pasta do seu disco rígido, e praticamente _todos_os seus aplicativos têm acesso a ela. Portanto, em certas situações, talvez o mais prudente seja não instalar o Signal no computador.
Tradução: Bernardo Tonasse
The post Cibersegurança para todos: como proteger a privacidade de suas conversas com o Signal appeared first on The Intercept.
submitted by feedreddit to arableaks [link] [comments]


2017.07.01 17:29 ifuckinghatecorridor [Motivacional] Dias não zerados

Tenho passado por umas barras pesadas ultimamente e, para minha 'sorte', esbarrei neste texto, um dos comentários que mais recebeu reddit gold até hoje, que é a uma resposta a este post. Acho que vez ou outra, todos nós passamos por um momento desse e, para mim, o texto do Ryan me ajudou bastante, então, resolvi adaptar. Para quem tem preguiça de ler, o resumo está mais pra baixo, mas recomendaria ler com calma e atenção, considero o tipo de informação que pode ajudar você, no mínimo, a passar por um momento difícil.
Dias Não Zerados
Parece que você está passando por umas poucas e boas. Isso é um saco mesmo. Eu já estive assim também, então eu sei bem o que você está passando/sentindo. Eu já estive nessa montanha-russa de sobes-e-desces, nessa espiral de dúvida, frustração e tédio. Não é nada legal. Eu sei. Se não se importar, vou te contar algumas coisas. Você pode ler se quiser, ler mais uma vez depois se sentir que deve. Mas, sério, se eu passar todo esse tempo traduzindo isso tudo pra você e você não deixar acender pelo menos uma fagulha nesse seu fogo, vai ser um vacilo pra mim e pra você. E você NÃO precisa fazer isso. Você NÃO precisa fazer nada. Mas você escolhe. ( Quem sou eu? Eu sou o Felipe [ medium.com/@kei2 ], estou apenas adaptando o post do Ryan).
Regra número Um — Chega de dias zerados. O que é um dia zerado? Um dia zerado é quando você não faz porra nenhuma em direção a qualquer merda de sonho, objetivo ou literalmente qualquer coisa que você pretende. Chega de zeros. Eu não tô falando pra você escrever uma dissertação por dia, não é esse o ponto. O ponto é que você tem que prometer pra você mesmo que o novo sistema que você vive é um sistema de NENHUM DIA ZERADO. Não fez nada hoje e são 23:58? Escreva uma frase. Uma flexão. Leia uma página. Uma. Só uma. Porque um não é zero. Entende? Quando você está nessa super espiral te levando pra baixo, seu padrão de comportamento continua alimentando a espiral, que é o que você tá acostumado a fazer. Não tem como se transformar no super-ultra-megablaster da produtividade nessa espiral. Só é possível depois de VÁRIOS DIAS NÃO ZERADOS. Essa é a regra número um. Não esqueça.
La deuxieme regle — É eu sei francês(mentira). Eu acho uma língua foda(mentira²). Regra número 2. SEJA AGRADECIDO PELOS SEUS 3 EUS. Como é? 3 eus? Parece auto-ajuda de quinta categoria. Saca só, existem 3 tipos de eu. Tem o eu passado, o eu presente e o eu futuro. Se você quiser amar alguém e ser amado, você precisa amar a si mesmo primeiro, e os 3 eus são a chave pra isso. Seja AGRADECIDO ao eu do passado, pelas coisas positivas que fez. Faça favores ao eu do futuro como se fosse seu parceirão. Se sentindo um merda hoje? Pare um momento, pense nas boas decisões que você já fez. Salada com peixe no lugar do x-completão? VALEU EU DO PASSADO. Ontem foi um dia não zerado porque você escreveu 200 palavras( ei, foi o que deu pra fazer)? OBRIGADO. Segunda parte dos 3 eus é que você precisa fazer um favor pro seu eu do futuro, como faria pra aquele amigão (não tem um? Agora você tem. Tem 2, aliás, o eu passado e o eu futuro). Tá cansado pra caralho e não consegue sair da internet/games/porns? Vai se fudê, eu do presente, essa aqui é pro meu parceirão eu do futuro, vou dar uma caminhada de meia hora. Eu tô fazendo isso pelo meu eu do futuro. Despertador tocou e a cama tá quentinha e confortável? VTNC eu do presente, essa aqui é pro meu camarada eu do futuro. Vou fazer umas 30 abdominais aqui ( ou 5, ou 3, só não pode ser nenhuma). NÃO SE ESQUEÇA DE AGRADECER AO SEU EU DO PASSADO por detonar em cada melhoria pra sua vida. O ciclo de fazer algo para alguém ( eu futuro )e agradecer alguém por algo bom que nos foi feito ( eu passado ) é a chave para construir gratitude e produtividade. Não duvide. Com o tempo, você irá espalhar gratitude para outras pessoas que te ajudaram no caminho.
Regra número 3 — Relaxa, essa vai ser mais curta ( pegue um lápis e um pedaço de papel. Não, é sério, pega mesmo, você precisa fisicamente escrever isso ) PERDOE-SE. É sério. Talvez você tenha todo o know-how, dinheiro, habilidade, força e talento pra fazer qualquer coisa que queria fazer. Mas vamos dizer que não esteja fazendo. Agora está se sentindo um merda por não fazer o que tem que fazer, ou ser o que quer ser. Se liga Amigão, estar desapontado consigo mesmo te deixa menos produtivo. Tentou o máximo pra não ter um dia zerado e não conseguiu? E daí? Perdoe seu eu antigo. Mas hoje? Hoje é um dia de dar o meu melhor para seu eu futuro. Essa é pros meus parceiros lá da frente. Usa o perdão, cara. Eu te perdoo. Fala aí em voz alta mesmo, sem vergonha.
Última regra, número 4, é a mais fácil e tem 3 palavras apenas. Exercícios e livros. É só isso. É um conselho bem básico, mas quando você se exercita diariamente, você fica mais esperto. Quando você faz algum exercício físico, você libera endorfinas(valeu, corpo/cérebro!). Você limpa sua mente e faz um grande favor pro seu eu do futuro. Exercícios é uma perna de um tripé. Se não tiver, não fica em pé, saca? Agora os livros. Quase tudo que eu sempre pensei, senti ou passei, quis, ou quis saber como fazer, já foi descoberto por alguém. Leia livros, cara. Tirou um tempo pra vir ler esse textão? Ótimo! Sabe o que você podia fazer também? Ler 7 hábitos de pessoas bem sucedidas. Aprender sobre inteligência emocional, ler “De bom para ótimo”, ler “Pensando rápido e devagar”. Ler livros que te ajude a entender as coisas. Ler conteúdos fitness e incorporar nos seus exercícios(como que é mesmo aquela flexão lateral?). A leitura é a porra da flauta do Mario Bros 3. Te leva pro próximo nível muito mais fácil. É isso, cara. Tem muito mais pra aprender sobre como transformar os dias não zerados em super dias não zerados. Mas não é o momento pra isso. Sua missão agora é: dias não zerados, perdão e gratidão. Você tem 36 trabalhos pra fazer em meia hora? Seu eu do passado te deixou na mão…mas, cara, Eu te perdoo. Faz o que você conseguir nessa meia hora e vamos pra frente. Eu espero ter te ajudado um pouco. Eu podia escrever sobre isso pra sempre, mas eu me prometi que eu ia correr uns 15 minutos ouvindo a 9ª sintonia de Bethoven. Tenho que ir. Mais uma coisa. Independente dessa leitura te ajudar hoje ou não, se você não se lembrar essas 4 regras que escrevi, por favor, POR FAVOR, leia mais uma vez. E de novo.
Tenha um ótimo dia!
ML/NL(Muito grande, não li, vulgo resumo);
  1. Dias não zerados o máximo possível.
  2. Os 3 eus, gratidão e favores.
  3. Perdão.
  4. Exercício e livros (o que é uma maneira de se auto-melhorar, física e psicologicamente. Emocional e mental.
Bonus:
Como conseguir transformar dias não zerados em um puta dia não zerado. É apenas uma simples verdade, mas é MUITO DIFÍCIL DE ENTENDER E PRATICAR. O negócio é o seguinte: você se torna o que você pensa(tipo essa ideia). Isso não significa que se você pensar em ser uma goiabeira, você vá estar dando goiaba em setembro. Significa o MODO que você pensa, as COISAS que você pensa e as IDEIAS QUE PERMANECEM NA SUA MENTE define o total de tudo que faz você. Você procrastina o tempo todo e fica com medo e preocupado por alguma coisa? Você está se tornando um procrastinador. Continua pensando o quanto você quer correr uma meia maratona e vencer? Tá pensando nisso o tempo todo? Tem alguma coisa que define suas AÇÕES e influenciam nas suas DECISÕES? Se tem, então você está se tornando o campeão que sonha ser. Sonhar com isso ajuda. Pense e assim será. Mas não esqueça que as ações são filhas dos pensamentos. Pensamentos sem ações não são nada. Tenha fé no que quer que você colocar na sua cabeça. Tenha fé e siga agindo.
“Legal, Felipe, que texto legal, bacana e supimpa. Mas como que isso ajuda a eu transformar um quase dia não zerado pra um puta dia não zerado?”
Você acredita no que acabou de ler? Faz sentido pra você que você pode SE TORNAR O QUE VOCÊ PENSA? Pergunte a si mesmo: “O que eu penso?” Quando você chega em casa, o quão rápido você liga o computadocelular? Ligar o computador te deixa mais próximo dos seus sonhos? O Que deixaria? No ponto de ônibus. No intervalo. Pra que direção você está focando suas intenções? Se você é como eu era a alguns anos atrás, a resposta é: sem direção, ou qualquer coisa que me chame atenção por agora. Mas sem stress, perdoe a si mesmo. Agora você sabe a verdade. E saber a verdade significa que você pode observar seus hábitos, ler livros sobre como pensar e agir e finalmente começar a mudar seu comportamento. Lá vai um exemplo: Se sentindo um mané porque tem dias zerados e dias quase não zerados? PENSE NO QUE ESTÁ FAZENDO e mude um pouco, só um pouquinho, apontando pra qualquer direção que esteja indo ou queira ir.
Créditos(redundantes): Ryan
submitted by ifuckinghatecorridor to brasil [link] [comments]